Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Região: fila de espera por uma prótese de joelho pode chegar a quatro anos

Baixar Áudio por Ricardo Silva
Foto: Divulgação internet/DINO

Um dado confirmado pela especialista em Saúde e Planejamento da 6ª Coordenadoria Regional Saúde, Maristela Sertoli, chama atenção: a fila de espera pelo procedimento de cirurgia e colocação de uma prótese de joelho pode chegar a quatro anos.

A profissional explica que após a primeira avaliação, nos ambulatórios municipais, os pacientes da 18ª Região geralmente são encaminhados para Sananduva, onde um especialista mede a complexidade do trauma. Os casos graves, que necessitam de cirurgia, são encaminhados para Passo Fundo.

Em Passo Fundo, segundo Maristela, os pacientes geralmente esperam quatro anos por uma consulta, e mais um ano para a realização do procedimento cirúrgico. Esse calendário ainda é afetado pela pandemia, há seis meses não são agendados procedimentos como esse.

Cerca de 300 pessoas estão na lista à espera de uma prótese. Esses pacientes devem ficar atentos aos comunicados das secretarias de Saúde. Os órgãos são responsáveis por avisar os doentes que, se não responderem ao chamado, perdem a prioridade na fila.

Maristela faz um alerta para que essas pessoas também atentem ao fato de o procedimento, quando realizado pelo SUS, ser gratuito. Os hospitais não podem cobrar pela cirurgia. Caso isso ocorra, denúncias devem ser encaminhadas pelo telefone 136 ou pessoalmente na Coordenadoria de Saúde em Passo Fundo.

Saiba mais ouvindo a entrevista realizada pela Tua Rádio Cacique e exibida na manhã desta segunda-feira, 28 de setembro.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais