Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Saiba quantas doses da Coronavac cada município da 6ª Coordenadoria de Saúde recebeu

por Camila Agostini

Nesta primeira etapa, um total de 10.200 imunizantes foi encaminhado para distribuição entre os 62 municípios da região

Foto: Reprodução Facebook/ prefeito Iura Kurtz

Tão logo as primeiras doses da Coronavac chegaram no Rio Grande do Sul, o governo gaúcho deu início à distribuição entre os municípios do interior do estado. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, a divisão das 341 mil doses destinadas ao RS ocorreu de maneira proporcional. Após a primeira distribuição, restará ao Piratini encaminhar 171 mil doses, reservadas para a aplicação da segunda dose. Ela deverá ocorrer entre duas e quatro semanas após a primeira inoculação.

Conforme o governo do Estado, ainda não há confirmação do Ministério da Saúde sobre uma segunda remessa da vacina contra o coronavírus.

A 6ª Coordenadoria Regional de Saúde de Passo Fundo, a qual Marau faz parte, recebeu um total de 10.200 doses. Em alguns dos 62 municípios que compõem a região, o baixo quantitativo de doses enviadas frustrou a população que faz parte do grupo prioritário (profissionais da saúde, idosos institucionalizados e indígenas).

Para Casca, um dos municípios próximos a Marau, que mantém unidade hospitalar, foram destinadas 61 doses da vacina. De acordo com o secretário de Saúde, Gustavo Baccin, uma pessoa idosa seria a primeira vacinada na cidade, porém, em função do pouco quantitativo, os imunizantes serão aplicados nos profissionais de saúde e pessoas que atuam na linha de frente para o enfrentamento da Covid-19. Conforme o secretário, com este primeiro lote, como em Casca não há instituições específicas para o atendimento de idosos, nem tão pouco, áreas indígenas, o primeiro lote será integralmente destinado aos trabalhadores da saúde.  “A esperança é de que o segundo lote chegue logo. Lamentamos ter que “frustrar” a expectativa de tantas pessoas que aguardavam pela vacinação”, destaca Baccin. A distribuição vacinas terá início na primeira hora da tarde, no hospital Santa Lúcia, e, posteriormente, nos postos. Haverá o deslocamento das equipes para estes locais.

Nos municípios menores e que registraram baixa cobertura vacinal em campanhas anteriores, a quantidade de doses foi ainda menor. A maioria dessas cidades receberam apenas cinco doses, como é o caso de Vila Maria, Camargo, Nicolau Vergueiro, Santo Antônio do Palma e Nova Alvorada.

Já em Gentil, em função da população indígena, o número de imunizantes é maior. De acordo com a secretária de Saúde, Juciela Cicheleiro, de um total de 77 doses recebidas, 72 serão aplicadas entre os indígenas. As demais serão destinadas aos profissionais de Saúde, que atuaram e atuam na linha de frete do enfrentamento à Covid-19.

Clique aqui e saiba quantas doses cada município da 6ª Coordenadoria Regional de Saúde recebeu nesta primeira etapa de imunização.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais