Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

FSG lança pesquisa sobre saúde mental dos profissionais da saúde durante pandemia

por Isadora Helena Martins

O estudo busca coletar dados referentes aos trabalhadores da saúde de Caxias do Sul. Ação conta com apoio do Sindiserv, Sindisaúde e CIC.

Foto: Divulgação

O Centro Universitário da Serra Gaúcha (FSG) começou nesta terça-feira (18) uma pesquisa para avaliar como está a saúde mental dos trabalhadores da área da saúde em meio à pandemia. O estudo conta com o apoio do Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul (Sindiserv), do Sindisaúde e da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços  (CIC).

O projeto é liderado pelas pesquisadoras Ana Claudia Baratieri Zampieri, também coordenadora do curso de Psicologia da FSG, e Cássia Ferrazza Alves. Durante entrevista na Tua Rádio São Francisco, Cássia explicou o objetivo do estudo: “A gente tem por objetivo conhecer como está a saúde mental dos profissionais da saúde diante da pandemia da Covid, durante sua atividade laboral, aqui em Caxias do Sul. É um questionário online que leva em torno de 20 minutos para ser respondido. Ele vai ser reaplicado depois de dois meses para podermos acompanhar nesse intervalo se houve alguma mudança nos dados que estamos analisando. Também terá um estudo qualitativo em que a gente vai fazer uma entrevista com alguns profissionais, vai ser uma amostra reduzida, pra gente compreender de forma subjetiva o que todos esses profissionais estão vivenciando”, explicou.

A pesquisa passou pela aprovação pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da instituição. Sendo assim, Cássia salientou os cuidados com as informações: “A gente tem todo o cuidado e a garantia do sigilo e confidencialidade dos dados. O participante não é identificado, acho que isso também traz uma tranquilidade para o participante poder contar um pouco sobre a sua realidade”.

Poderão participar da pesquisa os profissionais da Saúde do município, tanto da rede pública, quanto da rede particular, independentemente do cargo. A projeção é coletar informações de 500 voluntários. O link para participar do estudo será disponibilizado pelos sindicatos parceiros (Sindiserv e Sindisaúde).  

Ainda conforme Cássia, obter os dados locais referentes à saúde mental dos trabalhadores da saúde pode resultar em ações de prevenção e acompanhamento mais assertivas. “Quando a gente pensa no profissional da saúde inserido num cenário de pandemia com tanta pressão, às vezes, no seu trabalho, pode trazer consequências para a sua saúde. Então, pensar em estudos é justamente para conhecermos a realidade e pensarmos em como vamos prevenir ou como vamos atuar diante desse fenômeno”.  Ouça a entrevista completa AQUI.

A previsão é de que dados preliminares sejam obtidos em setembro, mas o relatório final da pesquisa deve ser concluído em dezembro.    

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais