Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Nos últimos dias, primeira etapa da campanha de vacinação contra a gripe está distante da meta em Caxias do Sul

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

Menos de 50% do público-alvo da primeira fase foi vacinado até o momento

Foto: Divulgação / Cristiane Barcelos

O objetivo da Campanha de Vacinação Contra a Influenza (gripe) é imunizar 95% do público-alvo, segundo o Ministério da Saúde. A primeira etapa da campanha é destinada ao grupo que compreende crianças (de seis meses a cinco anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres até 45 dias pós-parto) e profissionais de saúde. Em Caxias do Sul, a primeira fase de imunização segue até 10 de maio (segunda-feira) e, até o momento, cerca de 35% do público estimado foi vacinado. Segundo a última estimativa da Secretaria Municipal da Saúde, das 56.422 pessoas que compõem o público-alvo, apenas 19.783 fizeram a vacina. 

Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, a diretora da Vigilância em Saúde de Caxias do Sul, Juliana Argenta destacou a importância da imunização contra a gripe, principalmente com a retomada de atividades, como as aulas presenciais. “No ano passado nós não tivemos atividade escolar e as crianças ficaram mais reclusas nos seus ambientes domiciliares. No ano passado, também, nós não tivemos uma cobertura vacinal adequada na faixa etária das crianças, então isso também faz que elas se tornem mais sucessíveis à gripe. E historicamente, nesse grupo das gestantes, crianças e puérperas nós temos dificuldades para atingir a cobertura vacinal adequada. Então, a gente orienta que aquela pessoa que está contemplada nesse momento para a vacinação e que ainda não tenha recebido a dose da vacina, que busque um dos serviços para recebê-la”, salientou.  

Juliana também explicou que, quem compõe o grupo desta primeira fase e que não conseguir se vacinar até segunda-feira, pode buscar as UBSs em outro momento: “Sempre quando a gente encerra a vacinação de um grupo, na verdade, outro grupo vem a ser incorporado, não que o primeiro grupo deixa de ser vacinado. Então, na semana que vem, além desse grupo que estamos vacinando agora, serão inclusos os idosos e os professores”. Segundo a diretora da Vigilância em Saúde, essa divisão da campanha em etapas também busca evitar aglomerações nas UBSs, que também estão vacinando a população contra a Covid-19.

A vacinação contra a gripe ocorre em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), com exceção da São Vicente (apoio para casos suspeitos de covid-19) e das quatro Unidades Básicas Vacinadoras. O horário é das 8h às 16h, sendo das 8h às 18h nas UBSs Cruzeiro, Esplanada, Vila Ipê, Reolon, Desvio Rizzo, Eldorado e Cinquentenário. Os profissionais de saúde são imunizados nas Unidades Básicas Vacinadoras (UBVs) Centenário, São Ciro, Cristo Operário e Alvorada.

A Secretaria da Saúde também salienta que é preciso observar o intervalo de 14 dias entre as doses de vacina contra a covid-19 e contra a influenza. Os grupos prioritários são definidos pelo Ministério da Saúde.

Saiba mais em "Ouvir Notícia". 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais