Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Ecocardiograma Fetal identifica cardiopatias congênitas do bebê ainda no útero

por Camila Agostini

Exame é realizado no HCR as sextas-feiras

Foto: Divulgação/Imagem meramente ilustrativa

Você sabe do que se trata o Ecocardiograma Fetal? Este exame disponibilizado pelo Centro de Diagnóstico do Hospital Cristo Redentor é indispensável durante o acompanhamento pré-natal. O procedimento identifica uma série de cardiopatias congênitas antes mesmo do bebê nascer.

Para entender melhor a importância deste exame, o Ministério da Saúde aponta que nascem no Brasil cerca de 30 mil crianças cardiopatas a cada ano. Muitas delas passam a ter mais chances de sobrevivência no seu primeiro mês de vida caso o diagnóstico seja realizado precocemente, ainda durante a gravidez. 

O exame de imagem utiliza ondas sonoras de alta frequência para avaliar a saúde do coração do bebê, ainda no útero, avaliando por intermédio do registro de músculos e válvulas cardíacas, o tamanho e o desenvolvimento do coração do feto.  Este exame também identifica a velocidade do fluxo sanguíneo dentro das cavidades do músculo cardíaco.

A partir de quando a gestante pode fazer o ecocardiograma fetal: para melhor visualização, o exame normalmente é recomendado entre a 18ª e a 28ª semana de gestação. Em casos de gravidez de alto risco, o médico responsável pode indicar o teste a partir das 14 semanas.

No Hospital Cristo Redentor, o Exame de Ecocardiograma Fetal é realizado sempre nas sextas-feiras, pela parte da tarde, sob os cuidados da cardiologista, Dra. Cintia Tavares (CRM: 37727). Atende a convênios e particulares. O agendamento pode ser feito via telefone através do contato (54) 3342 9413 ou diretamente na Central de Agendamentos.

Texto: Kelly Fillipi / Comunicação HCR

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários