Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
08:00:00
Missa Dominical
08:50:00
 
 

Promotor se manifesta sobre a possibilidade de reativação do aterro sanitário

por Ana Lúcia Jacomini

Moradores do Barroso e de São João do Lamaison entregaram um abaixo-assinado para o MP

Foto: Guilherme de Abreu

Os moradores das localidades de São João do Barroso e São João do Lamaison, zona rural de Marau, estão apreensivos quanto aos rumores da reativação do aterro sanitário. Eles organizaram um abaixo-assinado e entregaram ao Ministério Público, demonstrando a discordância com o fato.

O Promotor Damasio Sobiesiak, explicou essa manifestação dos moradores reforça a tese da ação civil pública que tramita na Justiça de Marau, proibindo que o local volte a ser explorado com a finalidade de ser destino de resíduos,  sem antes ser realizada a sua recuperação ambiental.  A ação está apta para ser julgada e isso deve ocorrer nos próximos dias. Sobiesiak afirma que se depender do Ministério Público, o aterro não será reativado na localidade.

Em entrevista para a Rádio Alvorada, na manhã desta quinta-feira, 19/11,  o promotor também revelou ter sido procurado por dois empresários, que se mostraram insatisfeitos com o fato de o poder público municipal não ter fornecido um documento, necessário para a obtenção da licença de reativação do aterro. Sobre isso, ele afirmou que o posicionamento da administração foi correto, já que o município também é demandado na ação civil pública.

Ouça a entrevista, na íntegra, no player de áudio.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais