Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
18:00:00
Encontro Certo
19:00:00
 
 

Eco Verde viabiliza seviço para amenizar problemas ligados à coleta de lixo em Marau

por Camila Agostini

Empresa inicia encaminhamento para instalação de central de triagem e transbordo e poderá retormar coleta seletiva em fevereiro

Foto: Camila Agostini / Tua Rádio Alvorada

Reclamações ligadas à coleta de resíduos têm sido frequentes em Marau nos últimos meses. Um novo contrato foi viabilizado de forma emergencial, em novembro passado quando, por exigência de um reequilíbrio contratual, os gastos com o serviço que era executado, até então, por outra empresa, tornavam-se inviáveis ao orçamento municipal.

A Eco Verde foi a vencedora do processo seletivo e, há cerca de dois meses, promove a coleta e o transporte do lixo. Ainda resta, conforme previsto em edital, a instalação de uma central de triagem, de modo que a coleta seletiva volte a ocorrer, o que diminui o volume de resíduos a ser destinado ao aterro, localizado na cidade de Victor Graeff.

De acordo com Ricardo Vedana, administrador da empresa, os problemas se intensificaram no período de festas, nos últimos dias de 2022. Nesta época, a produção de resíduos aumenta em, pelo menos, 15%. A coleta foi prejudicada, também, por conta de um equipamento que precisou de conserto e a agência concessionária estaria com dificuldade de viabilizar as peças em razão do recesso de fim de ano de alguns fornecedores.

A estimativa da Eco Verde é de que nos próximos dias, o serviço ocorra de forma mais satisfatória já que a empresa iniciou o processo de instalação da unidade de triagem e transbordo. “A licença ambiental foi encaminhada e é possível que, ainda em fevereiro, possamos retomar, inclusive, a coleta seletiva”, destaca Ricardo. Pelo edital, a Eco Verde teria prazo de 40 dias para a execução deste serviço.

Com esta nova estrutura, resíduos como papel, papelão, plástico e outros recicláveis voltam a ter destinação diferenciada e deixam de ser transportados ao aterro. Além disso, os caminhões terão local apropriado para transbordo e dessa forma, os três veículos que fazem a coleta em Marau permanecerão por mais tempo na cidade, já que para percorrer o trajeto de ida e volta até Victor Graeff é necessário pelo menos 5 horas. Segundo Ricardo, o funcionamento do aterro ocorre entre 8h e 18h e, em muitas circunstâncias, por conta do prazo, os caminhões iniciavam o transporte mesmo sem a carga completa, de modo que pudessem realizar o descarregamento e retornar a Marau a tempo para promover a coleta noturna.

Ouça a íntegra da entrevista no player de áudio

A Eco Verde atua em 28 municípios do Rio Grande do Sul. Contatos com a empresa podem ser feitos através do telefone (54) 3359 2398.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais