Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Menos de um ano após instalação, mais de 30 lixeiras foram depredadas no centro de Farroupilha

por Pablo Ribeiro

Em maio de 2023 foram instalados 186 equipamentos pela cidade

Foto: Prefeitura de Farroupilha/Divulgação

Um levantamento realizado pela Prefeitura de Farroupilha, através da Secretaria de Urbanismo e Meio Ambiente, aponta que ao menos 30 lixeiras foram depredadas no centro da cidade menos de um ano após a sua instalação.

Em maio de 2023 foram instaladas 186 novas lixeiras de mão, do tipo papeleira, no chamado quadrilátero central da cidade, sendo duas em cada face de quadra. Ao longo deste período, 16% delas foram quebradas, arrancadas ou sofreram algum outro tipo de avaria devido ao vandalismo. O primeiro caso, inclusive, foi registrado um dia após terem sido finalizadas as instalações, no calçadão da Júlio de Castilhos.

Conforme o Secretário Nestor Zanonato Filho, o vandalismo nas lixeiras é um problema recorrente e que causa prejuízos para todos. “Infelizmente temos que lidar com essas situações que causam prejuízo financeiro, uma que vez que temos que realizar a manutenção da lixeira e também ao meio ambiente, com um local adequado a menos para o depósito dos resíduos”, disse.

Atualmente, as lixeiras quebradas são recolhidas pela Empresa Farroupilhense de Saneamento e Desenvolvimento Ambiental S.A. (Ecofar) que faz os encaminhamentos para o conserto.

A Prefeitura informa que qualquer denúncia referente a vandalismo a qualquer bem público, pode ser feito através da Ouvidoria Municipal pelos telefones (54) 2131-5323 ou (54) 9 8404-5537.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais