Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

A cada 3 horas e 18 minutos, um caxiense é autuado por uso do celular no trânsito

Baixar Áudio por Rodrigo Fischer

Maioria das infrações é cometida na área central da cidade por causa do tráfego lento

Foto: Leonardo Portella/Divulgação

Celular e trânsito são palavras que não se combinam. Por causa delas, a terceira maior causa de mortes no tráfego brasileiro é ocasionada pelo uso do aparelho, além dessa união aumentar em 400% a chance de ocorrer um acidente. Em Caxias do Sul, as pessoas parecem juntar os dois termos. De janeiro a agosto deste ano, foram autuados 1.751 condutores por usar o celular ao volante, o que mostra que, por mês, aproximadamente 219 motoristas são pegos cometendo a infração em via municipal.

Para se ter ideia, a cada 3 horas e 18 minutos, um caxiense é multado pela violação. De acordo com o gerente da Escola Pública de Trânsito, Joelson Queiroz, esse número não representa a totalidade dos infratores, uma vez que, na grande maioria, o condutor esconde o celular ao ver um fiscal de trânsito do Município. “O condutor pega o celular quando está parado no foco semafórico ou dirigindo e, ao perceber um agente de trânsito, ele acaba baixando o telefone celular ou largando entre as pernas, o que dificulta o flagrante.”, comenta.

A cidade registra a maioria das autuações na parte central. Queiroz explica que nessa área o trânsito é mais lento, o que gera uma falta de controle dos condutores em não pegar o aparelho telefônico. A ação pode causar congestionamento ou um acidente, ocasionado pela falta de atenção no semáforo. Para evitar a vontade, ele dá algumas dicas, como colocar o celular no silencioso, guardar no porta-luvas e deixar fora de alcance de manuseio. “Pode colocar também no banco de trás virado com a tela para baixo para não ter aquele desejo de conferir o telefone quando vê a notificação ou percebe o toque do aparelho.”,

O Código Brasileiro de Trânsito (CTB) prevê que o motorista flagrado por utilizar o celular para ligação, incluindo o uso do fone de ouvido, cometeu uma infração média, com quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e multa de R$ 130,16. Quem mexe ou segura o aparelho, a violação muda para gravíssima, com multa de R$ 293,47 e mais sete pontos na CNH.

(Ouça a matéria na aba "Ouvir notícia" abaixo da manchete).

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais