Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Secretário de Educação do RS diz que é preciso readequar projeto de melhorias no Cristóvão de Mendoza

por Pablo Ribeiro

Faisal Karam visitou a escola na manhã desta segunda-feira

O Secretário Estadual de Educação, Faisal Karam visitou o Instituto Estadual de Educação Cristóvão de Mendoza, na manhã desta segunda-feira (17). Acompanhado por alguns deputados e vereadores, o secretário chegou à escola por volta de 11h e foi recebido pela diretora da instituição, Roseli Bergozza.

A visita do secretário ao Cristóvão serviu para o aprofundamento de informações sobre as questões de infraestrutura do prédio da maior escola pública de Caxias do Sul, no bairro Cinquentenário. A última obra pela qual o Cristóvão passou foi em 1991.

Em janeiro, a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) suspendeu o processo licitatório para seleção de empresa que realizaria as reformas no prédio. O projeto está orçado em aproximadamente R$ 29 milhões e os recursos seriam oriundos do Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Bird). Porém, o prazo para início das obras é até o dia 28 de fevereiro, caso contrário o valor pode ser perdido. Segundo o secretário, o Estado vai solicitar a prorrogação do prazo. Além disso, ele afirmou que o projeto de melhorias no Cristóvão precisa ser reavaliado, diante da situação atual do Estado. (OUÇA AQUI)

Rachaduras nas paredes, infiltração, grades das janelas caindo, pilares e piso cedendo. Estes são alguns dos problemas estruturais da escola. Um acordo assinado em junho de 2016 está com o cronograma de obras atrasado. O compromisso do Estado era para que as reformas, com recursos do extinto Plano de Necessidades de Obras (PNO), começassem em julho de 2017.

Uma das maiores perdas não só para o Cristóvão, como também para toda a comunidade é a situação do auditório da escola. O local, com capacidade para 1007 lugares, está há seis anos interditado por não possuir o Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI). Há problemas nas saídas de emergência, fiação elétrica e o carpete que cobre as paredes precisa ser retirado.

O abandono do governo do Estado em relação à infraestrutura da instituição de ensino, fez a direção, círculo de pais e mestres, grêmio estudantil e alunos se reunirem para realizar um mutirão de limpeza do pátio, além de consertos no prédio, nos últimos dois finais de semana.

 

Melhorias que precisam ser feitas no Cristóvão:

:: Cobertura das duas quadras poliesportivas com pavimentação adequada, pintura das modalidades esportivas e recuperação da pista de atletismo.
:: Duas passarelas cobertas com pavimentação adequada.
:: Plano de Prevenção Contra Incêndios (PPCI).

:: Pintura externa e interna.
:: Substituição de janelas com colocação de grades.
:: Troca de calhas.
:: Reforma do auditório e dos sanitários.
:: Substituição das grades sobre o muro da escola e dos portões de acesso por portões eletrônicos.
:: Substituição do paralelepípedo por pavimentação adequada.
:: Reforma geral nas redes elétrica, hidráulica, hidrossanitária, pluvial e cloacal, no sumidouro e na caixa de gordura.
:: Ampliação do refeitório.
:: Adaptações para acessibilidade de cadeirantes.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais