Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Conta de luz da Coprel fica, em média, 8% menor a partir desta quinta-feira

Baixar Áudio por Ana Lúcia Jacomini

Se preferir, ouça este conteúdo no player de áudio da matéria

Tarifas com redução serão percebidas em setembro
Foto: Divulgação

Uma ação realizada pela Coprel no ano passado começa a ter impacto positivo para os cooperantes. Nesta semana, a ANEEL – Agência Nacional de Energia Elétrica, homologou as novas tarifas de energia da Coprel Cooperativa de Energia, por meio da Resolução Homologatória nº 2.744/2020. Com isso, as tarifas de energia ficarão, em média, 8,36% menores a partir de 30 de julho. Os cooperantes do Grupo B, que em sua maioria são pequenos comércios, residências e propriedades rurais, terão uma redução média de 7,90%.  Os clientes da classe residencial urbana, que perceberão uma queda de 12,84% em suas tarifas.  

Para as indústrias e grandes consumidores pertencentes ao Grupo A, a redução média será de 8,87%, podendo variar para mais ou para menos em função do perfil de utilização da energia e demanda ao longo do mês. Esta redução nas tarifas só foi possível devido ao planejamento da Coprel, que foi a primeira cooperativa de energia do país a promover um leilão de energia, organizado em julho de 2019, que reduziu significativamente os custos com a compra de energia que são repassados aos cooperantes. As baixas nas tarifas deverão ocorrer também no processo de reajuste do ano que vem. Nas simulações feitas, a previsão é de que em julho/2021 as tarifas da Coprel estejam em média 20% menores que as atuais (isso se não ocorrerem mudanças drásticas na economia e na legislação do setor elétrico).

Os novos valores de tarifas passarão a valer na energia consumida a partir do dia 30 de julho. Como o consumo do mês de agosto é pago somente em setembro, será a partir deste mês que os cooperantes vão perceber a redução no custo da energia. O reajuste anual das tarifas de energia das cooperativas e concessionárias de todo o Brasil é regulado pela ANEEL, considerando, entre outros fatores, o preço da energia comprada, os custos dos encargos setoriais, as tarifas de transmissão e o mercado atendido pela cooperativa. Este reajuste tarifário é anual, e no caso da Coprel, o anúncio pela ANEEL é feito sempre no mês de julho.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais