Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Turra confirma a passagem das funções executivas da ABPA para Ricardo Santin

por Ana Lúcia Jacomini

Projeto é reduzir o ritmo mas não deixar a entidade: Turra atua, nesse momento, nas questões que envolvem a emrpesa BRF

Francisco Turra e Ricardo Santin
Foto: Reprodução/Apex Brasil

Francisco Turra confirmou, em entrevista para a Tua Rádio, que passa a direção executiva da Associação Brasileira de Proteína Animal – ABPA, para o também marauense Ricardo Santin. Porém, antecipou que não deixa a entidade e passa a atuar como uma espécie de consultor. Neste momento, em especial, com atenção ao caso da empresa BRF – a maior produtora de alimentos do mundo, que teve as exportações de aves para a União Europeia canceladas, após operação que revelou a presença de salmonela em alguns produtos, de algumas unidades. Turra não se conforma com a nivelação feita pelo bloco, que acaba por prejudicar plantas isentas de qualquer erro, como é o caso de Marau e Serafina Corrêa.

“Foi uma atitude no mínimo desleal”, lamenta o marauense, ao explicar que as regras sobre a salmonela são mais rígidas no Brasil do que nos próprios países europeus. Mesmo assim, reconhece que o governo brasileiro foi deficiente em não conseguiu acompanhar todo o trabalho de inspeção dos laboratórios terceirizados. “Infelizmente aconteceu”, diz ele, ao revelar as ações que estão sendo pensadas para reverter o quadro e restabelecer as relações comercias. A entidade e os Ministérios da Agricultura e das Relações Exteriores, estão recorrendo a Organização Mundial do Comércio para mostrar as medidas de sanidade que são adotadas no Brasil, e que o caso revelado foi isolado e não representa o todo da indústria de proteína animal. “Temos provas e vamos provar isso. Mas tudo isso demanda tempo. É uma negociação política agora”.

Ele não descarta a possibilidade da contratação de um consultor técnico europeu, para contribuir nas negociações com a União Europeia. “Cortamos frango para eles há 40 anos, cortamos milhões de contêineres. Nunca houve uma margem para se queixarem de nada. Mas o mundo é assim, temos que viver com essas passagens que são menos agradáveis”. Para os produtores da região e para os trabalhadores da BRF no estado gaúcho, Turra confirma que está sendo feito todo o possível para retomar as exportações e para restabelecer a credibilidade da empresa. “É a vida dessa gente. Não houve nenhuma ‘trapaça’ em Marau e Serafina Corrêa, mas todos estão pagando um preço só”.

Turra também confirmou, na entrevista, que a ABPA realiza assembleia nesta quinta-feira, 26/04, ocasião em Ricardo Santin assume a executiva da entidade. “Meu projeto já era de ir reduzindo e é o que pretendo anunciar amanhã, pois tudo isso é muito desgastante e a saúde precisa estar em primeiro lugar”, desabafa ele. Turra explica que por recomendação médica irá reduzir o ritmo de trabalho. “O Ricardo assume a executiva, mas a ideia é de eu continuar como presidente, numa força política adicional. Que Deus nos ilumine para que tudo isso seja breve”, finaliza.

Ouça a entrevista no player de áudio.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais