Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Preço da Cesta Básica, em Caxias do Sul, chega a mil reais em fevereiro

por Isadora Helena Martins

Levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais da UCS aponta aumento do custo de 29 itens

Foto: Divulgação / Agência Brasil

O preço da Cesta Básica, em Caxias do Sul, teve um incremento de quase 1% no mês de fevereiro. Um levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisas Econômicas e Sociais (IPES) da Universidade de Caxias do Sul divulgou nesta sexta-feira (09) que o conjunto de produtos passou a custar R$ 1007,81. Esse resultado representa uma alta de 0,92% em relação ao mês anterior, quando custava R$ 998,62, um aumento de R$ 9,19 em relação ao mês de janeiro.

Na comparação com fevereiro de 2020, o aumento do preço é ainda mais expressivo. No segundo mês do ano passado o custo total da Cesta era de R$ 905,19, ou seja, o preço dos produtos neste ano teve um aumento de R$ 102,61. Então, em doze meses, o aumento acumulado é de 11,34%.

No período, observou-se que, dos 47 produtos que compõem a Cesta Básica, 29 aumentaram de preço, 17 tiveram seus preços médios reduzidos e 1 permaneceu com seu preço inalterado. Os cinco produtos que mais contribuíram positivamente para a variação do custo da Cesta entre janeiro e fevereiro foram a laranja, a cebola, a banana, a batata inglesa e a alface. Destacaram-se, pela redução de preços: o apresuntado, o sabão em pó, o salsichão, o detergente líquido e o refrigerante.
 

Índice de Preços ao Consumidor

O Índice de Preços ao Consumidor de Caxias do Sul também é avaliado mensalmente pelo IPES. A análise do mês de fevereiro indica um aumento nos preços de 0,93%, contra uma alta de 0,73% do mês anterior. Com esse resultado, a variação percentual acumulada do IPC-IPES nos últimos doze meses alcançou 5,40%, correspondendo a um aumento médio mensal no período de 0,44%. Esse resultado é superior ao mês anterior, que registrou um índice acumulado de 4,71%.

Do total de 320 subitens que compõem a estrutura do Índice de Preços ao Consumidor, 37 aumentaram de preços no mês de fevereiro de 2021, 13 tiveram seus valores reduzidos e 270 permaneceram com seus preços inalterados.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais