Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

"Nosso apelo é para que todos tenhamos responsabilidade e compromisso com as ações de prevenção"

por Camila Agostini

Para o presidente da ACIM, o engajamento de todos é o que vai determinar o nível dos impactos do isolamento

Foto: Reprodução facebook.com/tuaradioalvorada

Um comportamento individual e responsável. Essa é a orientação mais expressiva compartilhada pelo presidente da ACIM – Associação Comercial, Industrial, Serviços e Agropecuária de Marau, Gustavo Ferreira, para o momento de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Em entrevista à Tua Rádio Alvorada, o gestor avaliou as decisões do Governo do Estado quanto às medidas preventivas determinadas pelo distanciamento controlado e fez um apelo para que a comunidade respeite as restrições impostas em âmbito municipal.

O presidente da entidade que representa os setores econômicos de Marau, põe à prova os critérios estabelecidos pelo Governador Eduardo Leite: “Esse tipo de direcionamento nos deixa constrangidos como empresários e como município. Fomos pegos de surpresa. Fomos colocados numa bandeira vermelha, mas por estarmos fazendo o tema de casa. Juntamente com o COE estruturamos todas as medidas sanitárias, com competência e capacidade para combater o vírus. E Marau se destaca com relação à testagem, por exemplo, e foi exatamente essa testagem que nos condicionou à bandeira vermelha. Estamos pagando um preço muito alto. É isso que faz com que meu posicionamento seja mais cauteloso quanto aos indicadores que, por vezes, não fecha com a realidade local”, contesta Gustavo.

Ouça a entrevista na íntegra no player de áudio

Juntamente com a Fecomércio-RS, a Federasul e entidades regionais, diz o presidente, a ACIM tem compartilhado informações com outros municípios e estruturado documentos que mapeiam a situação das empresas. “E sabemos que todas elas têm adotado uma espécie de procedimento operacional padrão, que oferece garantia para a manutenção das portas abertas”, reforça o empresário.

Preocupado com os números que já demonstram o crescimento do índice de desemprego na cidade, Gustavo diz que é preciso conscientização individual para o controle de indicadores. “O isolamento social é um compromisso de cada cidadão, é um compromisso de amor ao próximo. E é assim, também, que se constrói uma economia forte”, ele afirma. “Dependendo a semana, os indicadores podem nos sentenciar a medias mais impositivas, por isso é importante cada um fazer sua parte”, complementa.

A entrevista completa você pode acompanhar também na página da Tua Rádio Alvorada no Facebook.  

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais