Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Exposição no Bourbon San Pellegrino reúne imagens alusivas aos 145 anos da imigração italiana

por Isadora Helena Martins

Divisão de Museus e Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami reuniram 32 imagens em painéis com a história dos os primeiros anos da ocupação da Região Colonial Italiana do Rio Grande do Sul

Foto: Divulgação / Acervo Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami

A Prefeitura de Caxias do Sul, por meio da Secretaria da Cultura – Divisão de Museus e Arquivo Histórico Municipal João Spadari Adami, e o Bourbon San Pellegrino organizaram uma exposição alusiva aos 145 anos da imigração italiana. Desde segunda-feira, 32 imagens que estarão expostas em painéis no shopping, e abrangem os primeiros anos da ocupação da Região Colonial Italiana do Rio Grande do Sul.

“A exposição fala sobre situações e temas ligados aos 145 anos da imigração. É importante também para desmitificar aquela visão de que o imigrante chegou no meio do nada. É importante até para a gente quebrar alguns paradigmas. Propomos uma visão mais atualizada da história da nossa região”, disse Mário Tomazzoni, gerente do Arquivo Histórico em entrevista ao programa Café & Cultura.

A curadoria das imagens foi realizada pelo diretor da Divisão de Museus, Itamar Ferretto Comaru, e pelo gerente do Arquivo Histórico, Mário Tomazzoni. São destaque da exposição as fotografias que fazem parte do álbum “Recordação das Colônias Conde D’Eu, Dona Isabel, Alfredo Chaves, Antônio Prado e Caxias”. Confeccionado por volta de 1897, o álbum faz parte do Fundo Arquivo da Diretoria da Colônia Caxias e da Comissão de Terras e Medição dos Lotes.

A maior parte das imagens selecionadas representam momentos e eventos importantes na história local e na própria vida cotidiana das pessoas. Além disso, as temáticas abordam cenas de sociabilização onde as relações humanas são valorizadas. O álbum, composto por 67 fotografias tamanho 18x24 cm, em processo Albúmen, foi doado à instituição por Siena Maria Calcagnotto Darsie e sua filha Luiza Helena Darsie da Motta, em 1977.

Ouça a entrevista completa aqui.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais