Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Vereador encaminha projeto para Hospedagem Solidária se tornar permanente em Caxias do Sul

por Pablo Ribeiro

Rafael Bueno está em Brasília para tratar de questões ligadas à assistência social que beneficiará moradores de rua e idosos

Foto: Felipe Padilha/Diocese de Caxias do Sul/Banco de Dados/Divulgação

O vereador Rafael Bueno (PDT) encaminhou demandas para a área da assistência social em reuniões realizadas em ministérios nesta terça e quarta-feira (3 e 4/10), em Brasília. Ele esteve acompanhado da coordenadora da Pastoral das Pessoas em Situação de Rua, Teresinha Mandelli, que está à frente do projeto Hospedagem Solidária, executado pela Diocese de Caxias do Sul. A ação tem funcionado durante o inverno, mas de forma improvisada, sem local definido. A intenção é buscar parcerias federais para manter a ação ininterrupta e mais abrangente. Dados indicam que mais de 700 pessoas vivem em situação de rua em Caxias do Sul, estatística que vem aumentando nos últimos anos.

Uma das reuniões, intermediada pela deputada federal Denise Pessôa (PT), ocorreu na Secretaria Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos, a quem cabe formulação, coordenação e estabelecimento de políticas públicas destinadas à promoção dos direitos humanos das pessoas em situação de rua.

Além do projeto "Inverno Acolhedor", com recursos provenientes do governo federal para ampliar ações de suporte a moradores de rua em grandes cidades, outra questão tratada em Brasília diz respeito ao projeto "Moradia Primeiro", recém lançado pelo governo federal. Esta ação busca que a pessoa em vulnerabilidade supere a situação de rua, tenha acesso a uma moradia permanente e consiga melhoria da qualidade de vida.

Além de oferecer abrigo nos meses mais frios, o projeto Hospedagem Solidária também garante a quem esteja em situação de rua o acesso à alimentação. Dados da Pastoral indicam que nos últimos seis anos, nos meses de inverno e mesmo na pandemia, mais de 350 pessoas foram abrigadas por meio do projeto, sendo servidos 21 mil jantares e igual número de cafés da manhã. Durante o ano, a Pastoral também faz a entrega de centenas de sopas a moradores em vulnerabilidade. A parceria com a Associação Médicos do Mundo também tem sido fundamental. Entre março e setembro deste ano, foram atendidas 450 pessoas pelos profissionais voluntários.

Bueno também conversou com deputados federais e senadores sobre a destinação de emendas para projetos assistenciais realizados em Caxias do Sul, como a ampliação do Lar da Velhice e a construção do Recanto da Compaixão Frei Salvador, que abrigará 125 idosos em vulnerabilidade social.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais