Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

A um dia do fim do prazo de inscrição, sobram vagas para recenseadores em Marau

Baixar Áudio por Camila Agostini

A mais recente atualização de dados mostra que há somente 36 inscritos para as 41 vagas disponíveis

Foto: Divulgação / Arquivo IBGE

O IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística encerra nesta sexta-feira, 19/03, o prazo de inscrições para os recenseadores interessados em atuar no Censo Demográfico 2021. Os interessados devem se inscrever no site do Cebraspe, empresa que organiza o processo seletivo. Os recenseadores são os profissionais designados à visitação dos domicílios, para realizar as entrevistas com a população.

Para concorrer a uma das mais de 181 mil vagas, distribuídas por 5.297 municípios, o candidato precisa ter o ensino fundamental completo. No ato da inscrição, ele poderá escolher a área de trabalho e em qual cidade realizará a prova. A taxa de inscrição é de R$ 25,77 e deve ser paga até 22 de março em qualquer banco ou pela internet.

Em Marau, há 41 vagas para o cargo. Até a mais recente atualização do órgão, somente 36 inscrições foram efetuadas. Dado que preocupa Jorge Benhur Bilhar, coordenador da Agência Regional do IBGE em Passo Fundo. “Já realizamos vários trabalhos em Marau e nunca faltou gente para trabalhar”, destacou o coordenador, em entrevista à Tua Rádio Alvorada. Segundo Bilhar, a oferta de vagas também é maior que a procura em outros municípios da região de abrangência do IBGE de Passo Fundo, como Casca, Vila Maria e Ernestina.    

Na falta de recenseadores, as sobras do cadastro nos municípios limítrofes de cada cidade são convocados e, caso haja o interesse dessas pessoas atuarem em outros municípios, é efetuada a contratação. “Só que isso gera muitos custos com deslocamento, por exemplo”, explica Bilhar. “Além disso, o recenseador que mora na cidade, conhece melhor o lugar. Isso facilita o trabalho”, destaca o gestor.

O coordenador desconhece as razões que desenham este cenário, mas pontua que, em contato com prefeitos e secretários, é necessário reconhecer que a grande oferta de empregos nos municípios, bem como, possível receio das pessoas quanto à pandemia do novo coronavírus pode justificar a baixa procura pelas vagas. “Orientamos que todas as etapas do Censo 2021, incluindo as provas, treinamentos e a coleta dos dados, seguirão protocolos sanitários de prevenção à Covid-19. O recenseador não vai precisar entrar na casa e vai fazer uso de um computador de mão, não sendo necessário qualquer contato com as pessoas”, pontuou Bilhar.

Os candidatos serão selecionados por uma prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, com 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Matemática, 5 questões sobre Ética no Serviço Público e 25 questões de Conhecimentos Técnicos. A prova será aplicada no dia 25 de abril.

Na última segunda-feira, 15/03, foram encerradas as inscrições para agentes censitários municipais (ACM) e agentes censitários supervisores (ACS), que coordenarão a operação censitária em cada cidade. Marau será um posto regional, com atuação também em Vila Maria e Camargo. Para estes cargos, as cinco vagas disponíveis foram preenchidas.

Ouça a íntegra da entrevista com Jorge Benhur Bilhar no player de áudio

Como os recenseadores são remunerados por produtividade, o IBGE preparou um simulador online, disponível no hotsite do Censo 2021, que calcula quanto o profissional vai receber de acordo com a quantidade de residências visitadas e pessoas entrevistadas, considerando ainda a taxa de remuneração de cada setor censitário, o tipo de questionário preenchido (básico ou amostra) e o registro no controle da coleta de dados. Para estimar a remuneração, basta acessar o simulador, informar o município e quantidade de horas que pretende dedicar ao

A pesquisa acontece de agosto a outubro deste ano. A pesquisa revelará entre outras informações, as características dos domicílios, identificação étnico-racial, nupcialidade, núcleo familiar, fecundidade, religião ou culto, deficiência, migração interna ou internacional, educação, deslocamento para estudo, trabalho e rendimento, deslocamento para trabalho, mortalidade e autismo. Realizado a cada dez anos, o Censo Demográfico é a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população em todos os municípios do país.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais