Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Justiça Eleitoral realiza campanha para motivar jovens eleitores

por Ana Lúcia Jacomini

De de 25 a 29 de novembro os cartórios eleitorais vão receber, sem necessidade de agendamento, jovens que pretendem tirar o título de eleitor

Imagem Ilustrativa
Foto: Reprodução/EBC

Durante a última semana de novembro, de 25 a 29, a Justiça Eleitoral de todo o país promoverá ações voltadas para os jovens que deverão votar pela primeira vez nas Eleições 2020. Trata-se da Semana do Jovem Eleitor, que busca conscientizar os cidadãos de 16 e 17 anos, sobre a importância de sua participação na escolha de seus representantes políticos. Os cartórios eleitorais vão receber, sem necessidade de agendamento, os jovens que pretendem tirar o título de eleitor.

O voto dessa faixa etária é facultativo, conforme prevê o artigo 14 da Constituição Federal. Ou seja, ainda que tenham o título de eleitor, não são obrigados a votar nem sofrerão nenhuma sanção caso faltem no dia da votação. No entanto, o objetivo é exatamente conscientizar esses futuros eleitores sobre a importância do voto.  A fim de contribuir para a mobilização, também serão veiculadas no rádio, na televisão e nas redes sociais campanhas de conscientização, produzidas pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Nas últimas eleições, realizadas em outubro de 2018, o número de eleitores jovens com voto facultativo representavam 0,95% do eleitorado: um total de 1.400.617 pessoas.
Atualmente, o Cadastro Eleitoral identifica 1.400.236 eleitores registrados com 16 e 17 anos. O número é menor do que o verificado naquela ocasião porque boa parte desses eleitores já atingiu a maioridade.

Com a Semana do Jovem Eleitor, a Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral espera diminuir o fluxo de atendimento na última semana antes do fechamento do Cadastro Eleitoral, legalmente previsto para o dia 6 de maio. Todos os eleitores que ainda não têm título de eleitor e também aqueles que precisam regularizar a situação, precisam comparecer aos cartórios até esta data. A medida é necessária para que os cidadãos possam votar nas próximas eleições municipais, marcadas para o dia 4 de outubro de 2020.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais