Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

BRF anuncia investimentos de R$55 bilhões e prevê receita superior a R$ 100 bilhões até 2030

por Camila Agostini

Focos serão liderar e transformar mercados, canais e geografias no Brasil e a expansão internacional

Foto: Divulgação

Em apresentação do  plano VISÃO 2030, a BRF confirmou a estratégia de crescimento que deverá levar a empresa a uma receita anual aproximada superior a R$ 100 bilhões na próxima década, período em que pretende investir mais de R$ 55 bilhões.

Para isso, a Companhia, que detém marcas como Sadia, Perdigão, Qualy e Banvit, espera consolidar a sua liderança, como uma empresa global de alimentos de alto valor agregado, com marcas fortes, produtos de alta qualidade e ainda mais admirada pelos consumidores, proporcionando a ampliação do retorno e expansão das margens. 

Assim, a BRF tem como objetivo alcançar presença local em alguns dos maiores centros consumidores de valor agregado do mundo, além de ampliar sua participação em ready meals (pratos prontos), aumentar sua presença nos promissores mercados de carne suína de alto valor agregado e PET, além de liderar a maior transformação no consumo de novas proteínas dessa geração.

“Pretendemos nos consolidar como uma empresa global de alimentos de alto valor agregado, com portfólio de marcas fortes e produtos cada vez mais práticos e saborosos, de qualidade e confiabilidade no momento que os clientes e consumidores quiserem, onde quiserem e da forma que quiserem. Nossa intenção é atuar de forma sustentável, sendo protagonistas e agentes de transformação”, diz Lorival Luz, CEO global da BRF. “Os resultados que apresentamos até aqui demonstram que temos a disciplina e a maturidade para iniciar um novo ciclo de crescimento ao longo da próxima década”, destaca Luz.

A Companhia pretende investir organicamente R$ 55 bilhões na próxima década, majoritariamente com recursos originados pela geração de caixa da própria empresa. Também planeja usar novas linhas de crédito e a sustentação do perfil de endividamento atual com prazo médio acima de 9 anos para financiar estes investimentos.

A primeira fase da execução da VISÃO 2030 compreende de 2021 a 2023, período no qual a Companhia pretende focar esforços em aumento de produtividade e eficiência operacional com o objetivo de expandir as margens e gerir custos. Ao final desta primeira etapa, estima-se que a receita líquida atingirá cerca de R$ 65 bilhões.

De 2027 a 2030, estima-se que a BRF entrará na fase de maturação da maioria das iniciativas e com aceleração da captura de valor econômico e continuidade de investimentos. Neste período, espera-se que a receita líquida venha a atingir mais de R$ 100 bilhões, com portfolio de alimentos de valor agregado superior a 70%.

“Com nosso time engajado, melhores marcas, diferenciais únicos e trabalhando com ética e transparência, estamos seguros quanto ao futuro da nossa Companhia. Vamos fazer a BRF ainda maior e melhor!”, salienta Lorival Luz.

Contato Imprensa – BRF

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais