Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Covid-19: Veranópolis recebe mais 200 doses da vacina e campanha para aplicação em profissionais da saúde ocorre ainda hoje (26) no município

por Ana Júlia Griguol
Foto: CASSIANO ROSÁRIO/FUTURA PRESS

Na segunda-feira (25), o Município de Veranópolis recebeu mais 200 doses da vacina contra a Covid-19. As 116 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca, produzida em parceria com o Laboratório FioCruz, foram distribuídas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde, para as 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS), com auxílio logístico da Brigada Militar e da Polícia Civil.

Veranópolis já havia recebido 330 doses da CoronaVac e, com estas, todos os idosos institucionalizados e profissionais de saúde que atuam na linha de frente de combate a pandemia, já foram vacinados. A partir de hoje, a Secretaria de Saúde tem a disposição as doses restantes do primeiro lote e, mais 200 doses, do Laboratório FioCruz, as quais respeitarão os protocolos determinados pelo Ministério da Saúde para serem utilizadas. 

Em conversa com a Tua Rádio Veranense, a responsável pela Vigilância Epidemiológica, Andiara Luvison, afirmou que ainda hoje espera vacinar todos os profissionais da saúde que trabalham na atenção básica e, alguns profissionais que atuam no Hospital Comunitário, priorizando aqueles que possuem contato direto com pacientes. Andiara ressaltou ainda que a equipe segue rigorosamente o controle das vacinas e que cada dose recebida é muito importante para a imunização da comunidade. "Tivemos a oportunidade de receber mais 200 doses para imunizar a nossa população e sabemos que há comentários e desconfianças sobre os laboratórios que produzem as vacinas, mas, nós temos que superar questões individuais e pensar no coletivo", afirma. 

A responsável pelo setor afirmou que a Secretaria manterá a conduta adotada, não permitindo a escolha ou reserva de vacinas. "Se fizermos isso, nós perdemos o controle. Não vamos reservar doses e não vamos dar à população a possibilidade de escolher o laboratório que produz a vacina. Todos os laboratórios são aprovados pela Avisa e tem comprovação de eficácia. Somos questionados sobre qual é melhor e, só podemos afirmar que o melhor tratamento é o que temos disponível no momento. Isso é muito importante e por isso venho a público manifestar essa questão para que todos já estejam cientes da conduta adotada", conclui Andiara. 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais