Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Programa de Domingo
19:00:00
 
 

Cinco gaúchos do grupo de risco são os primeiros vacinados do Rio Grande do Sul

por Ana Júlia Griguol

Ato simbólico, ocorrido às 23h45 desta segunda, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre marcou o início da campanha de imunização no Estado

Cinco gaúchos de grupos de risco recebem juntos as primeiras doses da vacina contra Covid-19 no RS
Foto: Felipe Dalla Valle/ Palácio Piratini

No Rio Grande do Sul as primeiras cinco doses da vacina contra Covid-19 foram aplicadas, concomitantemente, em cinco pacientes dos grupos prioritários. O ato simbólico ocorreu às 23h45min da segunda-feira (18), no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. 

Pertencentes aos grupos de risco prioritários do Plano Nacional de Imunizações, Eloina Gonçalves Born, de 99 anos, moradora do Residencial Geriátrico Donna Care; Jorge Amilton Hoher, 68 anos, médico-chefe do serviço de Medicina Intensiva da Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre; Carla Ribeiro, 32 anos, da etnia kaingang e residente da Aldeia Fag Nhin, na Lomba do Pinheiro; Joelma Kazimirski, 48 anos, auxiliar de higienização do Grupo Hospitalar Conceição; e Aline Marques da Silva, 40 anos, técnica de Enfermagem CTI Covid do Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), foram os cinco primeiros gaúchos a receberam a dose da Coronavac. 

O Governador Eduardo Leite afirmou que "uma noite nunca foi tão clara, iluminada pela ciência, que rompe com a escuridão daqueles que negam a importância da pesquisa e da ciência no nosso país. São aproximadamente 23h40min, e nós estamos aqui, com toda disposição e animação como se fossem as primeiras horas do dia pela expectativa deste momento”, declarou. A previsão de chegada das vacinas no Estado era para a tarde de segunda-feira (18), mas devido a dificuldades logísticas do Ministério da Saúde, as doses acabaram sendo enviadas ao RS somente no fim da noite.

De um total de quase 6 milhões de doses da CoronaVac, vacina do Instituto Butantan produzida em parceria com o laboratório chinês Sinovac, o RS recebeu 341,8 mil unidades. Dessas, 170,8 mil – aproximadamente a metade do recebido – serão encaminhadas para o interior, a partir de Porto Alegre, na manhã desta terça (19/1) por via terrestre e aérea, com o apoio da frota de aviões da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

A quantidade remanescente das vacinas ficará armazenada pelo Estado para o posterior envio e aplicação da segunda dose desse público, cuja previsão para aplicação é entre duas e quatro semanas após a primeira aplicação.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais