Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Hospital Pompéia de Caxias do Sul inaugura Unidade de AVC

por Ivan Sgarabotto

O espaço funcionará como uma extensão do Pronto Atendimento e está preparada para receber pacientes provenientes dos hospitais da região e dos serviços de resgates que atuam na cidade

Foto: Ana Claudia dos Santos

O Hospital Pompéia de Caxias do Sul inaugurou nesta segunda, 7 de novembro, a Unidade de Acidente Vascular Cerebral (AVC), um serviço com estrutura física e de pessoal para o atendimento de vítimas de AVC.

A unidade conta com cinco leitos, destinados a pacientes de convênios. O espaço funcionará como uma extensão do Pronto Atendimento e está preparada para receber pacientes provenientes dos hospitais da região e dos serviços de resgates que atuam em Caxias do Sul. A equipe multidisciplinar é formada por neurologistas, neurocirurgiões, neurocirurgião endovascular, neurorradiologistas, intervencionistas, fisioterapeutas, nutricionistas, fonoaudiólogos e enfermeiros, entre outros profissionais especializados em AVC.

De acordo com o neurocirurgião Joel Machado, o objetivo da unidade é oferecer atendimento especializado aos pacientes, reduzindo a mortalidade e a incapacitação causadas pelo acidente vascular cerebral.

Infraestrutura

 

- Área total: 75 m2

- Instalações: cinco leitos, posto de enfermagem, sanitário, sala de utilidades e área para depósito de resíduos.

A doença e estatísticas

O AVC pode ser definido como o surgimento de um déficit neurológico súbito, causado por um problema nos vasos sanguíneos do sistema nervoso central. De acordo com a Organização Mundial de AVC, a cada 10 segundos, uma pessoa morre no mundo devido ao AVC. E segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o AVC mata 6,2 milhões de pessoas no mundo a cada ano e é a principal causa de morte em pessoas acima de 60 anos e, ainda, a quinta principal causa em pessoas com idades entre 15 e 59 anos.

Outras informações sobre a doença podem ser obtidas nos sites redebrasilavc.org.br e http://www.worldstrokecampaign.org.

Prevenção do AVC

Aqui estão seis passos que qualquer pessoa pode seguir para reduzir o risco e o perigo de um AVC:

1. Conheça os seus próprios fatores de risco: pressão alta, diabetes, colesterol alto;

2. Seja ativo e faça atividades físicas regularmente;

3. Mantenha uma dieta saudável, rica em frutas e vegetais e com pouco sal. Isso o ajuda a se manter saudável e com a pressão sanguínea baixa;

4. Limite o consumo de álcool;

5. Evite o hábito de fumar. Se você é fumante, procure ajuda e pare imediatamente;

6. Aprenda a reconhecer os sinais de alerta do AVC.

Sinais de alerta do AVC 

O teste SAMU é uma maneira fácil para que todos possam lembrar e reconhecer os sinais de AVC:

Sorriso: peça para a pessoa dar um sorriso. A boca está torta?

Abraço: a pessoa pode levantar os dois braços?

Música: peça para a pessoa cantar ou falar um frase. A fala é arrastada? Ela entende o que você diz?

Urgente: se você identificar qualquer um desses sinais, ligue para o SAMU, no 192, ou vá imediatamente para um hospital preparado para atender casos de AVC.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais