Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Secretária da Saúde confirma o mês de março como o mais crítico da pandemia em Veranópolis

por Almeri T Angonese
Foto: Dirceu Tedesco/ Tua Rádio Veranense

Em entrevista à Tua Rádio Veranense, a Secretária da Saúde de Veranópolis, Vanessa Calioni Bordignon, falou sobre os números da pandemia no município, durante o mês de março. De acordo com ela, no mês eram realizados mais de 120 atendimentos diários na Unidade Sentinela e, atualmente, é possível notar uma diminuição na procura por atendimentos, bem como nos casos positivos.

Além disso, o mês também foi o mais crítico em relação ao número de óbitos causados pela Covid-19. Desde o início da pandemia, o município registrou 36 óbitos e, destes, 29 foram registrados em 2021, sendo que 19 ocorreram apenas no mês de março. Ainda, em relação as internações, o mês também foi o mais crítico, chegando a ter 32 pacientes internados e sete entubados, os quais necessitavam de cuidados semelhantes aos de uma UTI. Ela ressalta que o Hospital de Veranópolis não possui uma Unidade de Terapia Intensiva e que uma estrutura foi montada para poder atender a demanda de pacientes mais graves.  

Neste período foi necessário fazer uma readequação nas escalas de trabalho, pois os pacientes demandavam de cuidados mais intensos e era necessário que houvesse sempre um médico disponível, além de enfermeiros, técnicos de enfermagem e equipes de higienização. A Secretária parabenizou todos os profissionais da área da saúde, voluntários e demais que estão trabalhando no combate à pandemia.

Vacinas

Até o momento, em Veranópolis, foram vacinadas 4933 pessoas, destas 793 já receberam a segunda dose. Apenas na segunda-feira (5), foram vacinados 541 idosos de 64 e 65 anos. Ainda nesta semana, serão vacinados com a segunda dose, idosos entre 75 e 80 anos.

A organização das faixas etárias que serão vacinadas é feita pela Vigilância Epidemiológica, de acordo com o número de doses que o município recebe a cada lote. É feito um levantamento com a Unidade de Saúde Central e Estratégias de Saúde da Família para saber quantos idosos há em cada faixa etária, bem como, identificar se as doses que foram recebidas pela secretaria serão suficientes para imunizar uma, duas ou mais faixas etárias.  Para realizar a vacinação, o Município é guiado por resoluções e pelo Plano Nacional de Imunização.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais