Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Veranópolis registra diminuição nos casos de Covid-19, atendimentos e óbitos em abril, mas números voltam a crescer

por Ana Júlia Griguol

Embora os dados sejam positivos e haja maior flexibilização das atividades, os números no mês de maio voltam a crescer, preocupando as autoridades locais.

Foto: Dirceu Tedesco/ Tua Rádio Veranense

Em Veranópolis, após o final do mês de abril, constatou-se uma diminuição no número de casos ativos de Covid-19, óbitos decorrentes da doença e atendimentos médicos, especialmente, quando comparados com o mês de março de 2021, sendo este o pior mês da pandemia no município até então.

Em março de 2021 foram registrados 19 óbitos em decorrência da Covid-19, enquanto, em abril, 07 mortes foram registradas. Sendo assim, de março para abril, houve uma redução de 63,16% no número de óbitos.

Em relação ao número de novos casos de Covid-19, no mês de março 583 foram registrados, enquanto em abril, o número diminui para 205. Portanto, houve uma redução de 64,84% de novos casos de Covid, entre março e abril. 

A diminuição também é expressiva em relação ao número de atendimentos médicos na Unidade Sentinela – Centro de Triagem Respiratória do município. Em março, foram realizados 1715 atendimentos médicos e, em abril, o número cai para 816, resultando em uma redução de 52% nas consultas médicas entre os dois meses.

Conforme dados da Unidade Sentinela, nos meses de março e abril, o público que mais procurou por atendimento médico, foram pessoas com idades entre 30 e 39 anos (19%), seguidos dos 40 a 49 (18%) e 20 a 29 anos (17%).

“Se a gente não voltar a se cuidar, nós vamos retroceder”, afirma Prefeito

Embora o número de casos e a procura por atendimento médico tenham diminuído no município, a preocupação das autoridades locais é eminente, principalmente após a liberação de alguns setores e a intensa movimentação da população em decorrência disso.

Em entrevista à Tua Rádio Veranense, o Prefeito de Veranópolis, Waldemar De Carli, afirmou que está preocupado com a incidência de novos casos na microrregião e com o comportamento da população, considerando um possível retrocesso a partir da metade de maio, caso a comunidade não respeite as medidas de segurança.

“A gente tem grandes possibilidades de retroceder nas medidas restritivas, por isso, o conselho é que as pessoas continuem se cuidando. Se a gente não voltar a se cuidar, nós vamos retroceder. Ou a gente se cuida, ou mais uma vez, vamos aumentar as medidas restritivas”, concluiu Waldemar que, além de prefeito, é médico.

Conforme o último Boletim Epidemiológico, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde no dia 03 de maio, há 60 casos ativos no município e 43 óbitos em decorrência da doença. No Hospital Comunitário São Peregrino Laziozzi, sete pacientes estão internados em leitos clínicos com Covid-19, o que representa 65% da capacidade instalada e nenhum aguardando por leito de UTI.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais