Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Solenidade de Cristo Rei

por João Carlos Romanini

Roteiro de celebração para o dia 24 de novembri 2019

Foto: Divulgação

"Jesus Cristo, Rei, Servo e Guia"

 

 

ACOLHIDA

Animador: Irmãos e irmãs, sintam-se acolhidos e alegres! Celebramos a solenidade de Jesus Cristo, Rei do Universo, Servo e Redentor. Recordamos hoje, também, o dia Nacional dos Leigos, homens e mulheres de todas as idades, comprometidos na construção do Reino de Deus, um reino de justiça, fraternidade, solidariedade e paz. Acompanhemos a procissão de entrada, de pé, cantando.

 

ATO PENITENCIAL

Animador: Mesmo desprezado, rejeitado e torturado, no coração de Cristo Rei, havia apenas sentimentos de amor, misericórdia e compaixão. Confiemo-nos àquele que veio redimir a humanidade suplicando seu perdão.

- Em nosso coração, às vezes, reina o egoísmo, o ódio e a inveja. Senhor, tende piedade de nós!

- Em nosso coração, às vezes reina a vaidade, a ganância e a mentira. Cristo, tende piedade de nós!

- Em nosso coração, às vezes, reina a intolerância, a violência e a indiferença. Senhor, tende piedade de nós!

 

GLÓRIA

Animador: Glorifiquemos a Cristo Rei servo e redentor, cantando.

 

LITURGIA DA PALAVRA

Animador: Podem sentar. As leituras nos avivam a esperança no Reino que Jesus nos mereceu por sua entrega e morte na cruz. Escutemos.

 

1ª Leitura: 2Sm 5,1-3

Salmo Sl 121 "Quanta alegria e felicidade: vamos à casa do Senhor!"

2ª Leitura: Cl 1,12-20

EVANGELHO: Lc 23,35-43

REFLEXÃO

- Fechamos a o ano litúrgico com “chave de ouro”, tendo diante de nós o Cristo Rei. Jesus é nosso Rei.  Mas não é rei dentro das concepções humanas, dos sistemas monárquicos que se impõe pela força e pelo medo. A primeira leitura nos apresenta o Rei Davi, parâmetro de um rei humano, mas limitado. Jesus era descendente de Davi. Jesus veio inaugurar um novo reino. Seu reino é simplesmente surpreendente. Ele inverte totalmente os valores dos reinos humanos. Seu ser, seu agir, seu estilo de vida, suas palavras não deixam dúvidas. Só que o seu reino não é como os reinos deste mundo. Ele mesmo diz isso a Pilatos como também aos apóstolos Tiago e João, quando eles almejam prestígio e lugares de destaque. No Reino de Deus, o maior é aquele que serve humildemente e á capaz da doar sua vida em favor da vida de muitos.

- No batismo, nós fomos ungidos e assumimos a mesma missão de Jesus, Rei, Sacerdote e profeta. Por isso, nesta solenidade celebramos, também, o Dia Nacional do Leigo. Como membros do Corpo de Cristo, movidos pelo Espírito Santo, somos chamados a realizar as obras de Cristo, sendo parceiros na realização do seu Reino. Nossa identificação com Jesus se dá por meio da vivência do amor incondicional, da misericórdia, do empenho pelo direito e a justiça, tendo sempre presente que o critério máximo de nosso julgamento final consistirá no que tivermos feito ou deixado de fazer em favor dos mais pequeninos e necessitados, pois é ao próprio Cristo que o teremos feito. Ele apropriou-se da condição dos pobres, sofreu com eles, teve compaixão por eles, lhes revelou a misericórdia do Deus do Reino, do Deus da vida, e se comprometeu com sua causa libertadora. Jesus não exerceu seu reinado a partir de um palácio, mas fixou sua tenda entre os pobres da terra, entrou na história dos pobres e a assumiu como própria. Deus se revela nos e desde os acontecimentos históricos, a partir deles e neles Deus chama, interpela e manifesta sua vontade, desta forma, os acontecimentos tornam-se sacramentais, reveladores do agir de Deus.

- Neste mundo marcadamente individualista e egoísta, para ter parte com Jesus e de seu reino, temos que aprender a lavar os pés uns dos outros como Jesus nos ensinou na Última Ceia. Pedro, contaminado pela mentalidade do mundo, a princípio rejeitou duramente esta forma de Jesus exercer seu reinado. A prova de que somos discípulos de Cristo Rei, Servo e Pastor, é fazer o que Jesus fez. Viver o amor na sua radicalidade. Cuidar das ovelhas fracas e doentes, buscar as ovelhas perdidas, extraviadas e abandonadas. Empenhar-nos para construir um mundo sem senhores e sem escravos, lutar contra um mundo desigual de uns abastados e a quase totalidade do povo desprovida do mínimo necessário para viver dignamente. Participar do Reinado de Jesus, como membros de seu corpo, é lutar para que “todos tenham vida em abundância”.

 

PRECES DA COMUNIDADE

Animador: Nesta solenidade de Cristo Rei, vamos proclamar, cantando, após cada prece: "Jesus Cristo, ontem, hoje e sempre! Ontem, hoje e sempre, aleluia!"

1 – Na Igreja, que anuncia o Reino de Vida, Verdade e Justiça, cantemos.

2 – No trabalho e nas escolas, fontes de vida, conhecimento e dignidade, cantemos.

3 – Na família, missão, vida, segurança e berço da fé, cantemos.

4 – Na comunidade, espaço de encontro, partilha e fraternidade, cantemos.

5 – Nos diferentes lugares em que os leigos atuam como agentes de transformação do Reino, cantemos.

 

OFERTÓRIO

Animador. O Batismo recorda o compromisso com o Reino. Ofertamos, assim, nossa missão cristã em servir aos irmãos e irmãs e à comunidade, cantando.

 

COMUNHÃO

Animador: Na Eucaristia, Cristo nosso Rei se dá em alimento, transformando-nos e libertando-nos. Aproximemo-nos da Mesa Sagrada, cantando.

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais