Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Começa a instalação de pardais nas rodovias gaúchas

por Rudimar Galvan
Foto: Divulgação/Governo do Estado

Controladores de velocidade conhecidos como pardais começaram a ser instalados nas rodovias gaúchas nesta quinta-feira (21/5). O primeiro lote de equipamentos monitorará 68 faixas de tráfego por meio de 16 câmeras e 16 dispositivos com leitores de placas.

Os pardais serão implantados pela empresa Perkons, contratada pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), vinculado à Secretaria de Logística e Transportes (Selt), para realizar a fiscalização eletrônica de sete estradas. Serão investidos aproximadamente R$ 3,9 milhões na operação e manutenção dos aparelhos, valor 32% menor do que estava previsto no Pregão Eletrônico 450/19.

Os aparelhos estarão nas rodovias ERS-030 (Osório-Tramandaí), ERS-040 (Viamão-Pinhal), ERS-122 (Portão-Caxias do Sul), ERS-239 (Novo Hamburgo-Rolante), ERS-240 (São Leopoldo-Montenegro), ERS-389 (Osório-Torres) e ERS-453 (Venâncio Aires-Tainhas).

Além da Perkons, responsável por 68 faixas de tráfego, o Daer tem contrato com a Fiscaltech para monitoramento de 25 faixas com nove câmeras e nove dispositivos com leitores de placas. Os equipamentos começam a ser instalados em breve nas rodovias ERS-135 (Passo Fundo-Erechim), ERS-324 (Passo Fundo-Nova Prata), ERS-342 (Ijuí-Cruz Alta), RSC-153 (Passo Fundo-Tio Hugo), RSC-287 (Montenegro-Santa Maria) e ERS-122 (São Vendelino-Farroupilha).

“A função principal dos pardais é educativa, por essa razão eles estarão em pontos críticos das estradas, definidos por estudos técnicos, para que os motoristas reduzam a velocidade e evitem acidentes. O nosso objetivo é preservar vidas”, destaca o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella.

De acordo com o diretor-geral do Daer, Luciano Faustino, além do controle de velocidade com o uso de pardais, os 16 dispositivos leitores de placas, chamados OCRs (sigla em inglês para optical character recognition), são um reforço no combate à criminalidade. Eles cruzarão os dados dos veículos com informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP).

“Teremos mais uma ferramenta para identificar veículos roubados”, acrescenta Faustino. “Por essa razão, esses aparelhos estarão próximos aos postos do Comando Rodoviário da Brigada Militar, possibilitando que os agentes façam a abordagem com rapidez.”

O prazo para instalação e funcionamento do primeiro lote de pardais é de 60 dias a partir da publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) da assinatura do contrato, que ocorreu no dia 28 de abril. Portanto, até o final de julho devem estar implantados todos os equipamentos.

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais