Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Cotiporã inaugura proteção de nascente de água

por Cida Cardoso Valna

A propriedade beneficiada foi a do agricultor Paulo Cesar Pitol, na comunidade de Nossa Senhora Auxiliadora

Foto: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Cotiporã

Cotiporã é um dos 23 municípios que fazem parte do Projeto de Assistência Técnica e Extensão Rural e Social (Aters) na Conservação de Nascentes em Propriedades Rurais na Região da Sicredi Serrana, executado pela Emater/RS-Ascar. A iniciativa busca garantir a segurança hídrica das propriedades rurais, fazendo com que as famílias tenham água de qualidade e em quantidade disponível quando e para as finalidades que precisarem. No primeiro ano do projeto (concluído em junho), foram construídos sistemas de captação de água e proteção de nascentes em 23 Unidades de Referência Técnica, uma em cada município. 

Em Cotiporã, a propriedade beneficiada foi a do agricultor Paulo Cesar Pitol, na comunidade de Nossa Senhora Auxiliadora.

A inauguração da nascente protegida foi realizada na tarde da quarta-feira (09), em dois momentos: um com a participação de alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Caminhos do Saber, que foram conhecer a obra e sua importância na preservação da água, e outro com autoridades. Estiveram presentes a gerente regional da Emater/RS-Ascar de Caxias do Sul, Sandra Dalmina, o gerente da Cooperativa Sicredi, Bernardo Elias Pitol, e o prefeito em exercício, Dener Zanella. Todos destacaram a importância da ação e da parceria das entidades.

Neste projeto os agricultores associados à Cooperativa Sicredi contam com um auxílio de até 70% das despesas para a proteção da nascente. Aos beneficiários cabe os 30% restantes e a mão de obra. A Prefeitura do município também contribuiu, através do Programa Agricultura Forte e Sustentável (Agromais), com apoio e serviço de máquinas, além do fornecimento de brita. Na propriedade da família Pitol foi feita ainda a recuperação da vegetação nativa do entorno da nascente, com mudas doadas pela Companhia Energética Rio das Antas (Ceran).

O projeto tem duração de três anos. No segundo ano, serão construídos sistemas de captação de água e proteção de nascentes em mais três propriedades rurais em cada um dos 23 municípios abrangidos, totalizando 69.

No último ano serão mais duas por município, totalizando 46 proteções de nascentes.

Fonte: Ascom Emater

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais