Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Indústria Metalmecânica registra retração de 10%, em Caxias do Sul

por Isadora Helena Martins

A paralisação de 11 dias dos caminhoneiros representou um prejuízo de R$ 250 milhões ao setor

Foto: Divulgação

As indústrias do setor metalmecânico em Caxias do Sul tiveram um desempenho negativo de 10% em maio, comparado ao mês de abril de 2018. Os dados são de um balanço realizado pelo Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e de Material Elétrico de Caxias do Sul (SIMECS). Além do desempenho negativo em maio, a paralisação de 11 dias dos caminhoneiros representou um prejuízo de R$ 250 milhões ao setor. Conforme o presidente do SIMECS, Reomar Slaviero, a queda acumulada nas receitas nos últimos três anos chegou a 38,69%. O crescimento de 8,89% no faturamento de 2017 recuperou apenas parcialmente as perdas acumuladas de 2015 e 2016.

Para este ano, a projeção do segmento é de receita de R$ 13,3 bilhões. Se esse número se concretizar, representará um crescimento de 6,97% nas receitas em relação a 2017. Contudo, a queda estimada de 25% no rendimento de maio, por conta da greve dos caminhoneiros, deve diminuir a perspectiva.

Quanto aos indíces de empregabilidade na indústria caxiense, o saldo segue melhorando em 2018. O setor fechou os cinco primeiros meses do ano com um resultado positivo de 3.134 postos de trabalho . Contudo, o saldo acumulado do desemprego na indústria ainda é alto. Desde 2014 o setor acumulou grades perdas no emprego, registrando 18,4 mil vagas fechadas até 2017.

 

 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais