Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Implantação de sistema de irrigação já mostra resultados na lavoura em Fagundes Varela

por Marco Aurélio Santana
Foto: Divulgação

Estar prevenido quando ocorre uma estiagem é sempre a melhor alternativa. Para isso, a Emater/RS-Ascar trabalha a adoção de medidas como a construção de açudes para reservação de água, a conservação do solo, a proteção de nascentes e a irrigação, a fim de mitigar os efeitos desse fenômeno que tem se tornado cada vez mais comum e provocado prejuízos para as unidades de produção.

Vendo a necessidade de irrigar uma área de 10 hectares de lavouras de soja para ter segurança na produção, o agricultor Agenor Grandi, de Fagundes Varela, procurou o Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). Após visita à propriedade para verificar, junto com a família, qual seria o melhor sistema de irrigação a ser implantado, os extensionistas rurais da Emater/RS-Ascar, Taciana Marchesini e Douglas Corso, sugeriram o sistema de irrigação por carretel enrolador. “Um fator fundamental que se levou em conta para propor esse sistema foi o terreno: levemente ondulado e no formato próximo de um retângulo”, explica a extensionista. 

O projeto técnico foi elaborado pela Emater/RS-Ascar, dimensionando o tamanho do carretel enrolador, para que atendesse à necessidade do agricultor. “É importante discutir, ver o potencial da propriedade, as limitações e depois propor algo adequado e que traga benefícios ao produtor. Por ser um sistema que demanda mais uso de água foi também orientado ao proprietário ampliar a capacidade do açude já existente”, relata Taciana. Grandi utilizou linha de financiamento do Pronaf, por meio do Sicredi, para efetivar o investimento.

“Em função da estiagem que vivenciamos no município, este ano a família já utilizou o sistema logo em seguida à semeadura da soja. Assim, garantiu uma germinação uniforme da lavoura”, comemora a extensionista.

Sabendo que pode investir na lavoura, tendo a garantia que terá água suficiente para produzir, a família demonstra satisfação com o sistema de irrigação. “Para nós foi bem importante, a gente fez esse investimento que com certeza vai dar resultado, porque ele é bem prático, fácil de manusear, eficiente e não exige muita mão de obra. Estamos bem contentes e agradecemos a parceria da Emater/RS-Ascar”, afirma o filho Alcenir Grandi.

Fonte: Assessoria de Imprensa Emater/RS-Ascar - Regional de Caxias do Sul

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio Veranense

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais