Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Coral Comunicação Unicanto em busca de novos integrantes

por Eduardo Cover Godinho

Grupo guaporense, que tem se apresentado em vários municípios gaúchos, conta com cerca de 15 membros. Há anos, eram 30 os integrantes

Representando o município de Guaporé em eventos culturais nos quatro cantos do Estado do Rio Grande do Sul, o Coral Comunicação Unicanto, com quase 35 anos de existência, segue com apresentações de encher os olhos. O grupo, que conta com o apoio financeiro do Poder Executivo para o custeio de profissional qualificado (Maestro) e despesas de transporte, tem ensaiado semanalmente em uma sala cedida pela Paróquia Santo Antônio de Guaporé no Salão Paroquial, área central da cidade. O Coral, com cerca de 15 integrantes regidos pelo maestro Marlon Gausmann, chegou a contar há anos com mais de 30 membros. A busca dos diretores, que tem como presidente Jumara Benvenutti, é para que novas pessoas se unam ao Unicanto e possam fazer parte da história musical de Guaporé.

“O maestro Marlon Gausmann é um entusiasta e tem contribuído e muito com o crescimento do Coral Comunicação Unicanto. Ele gosta muito do que faz e para nós é fundamental porque nos dá ânimo para continuar. Na verdade, estamos em poucos elementos no grupo. Gostaríamos de contar com mais pessoas. Faço um chamamento: quem gosta de música e cantar que venha nos fazer uma visita no Salão Paroquial que vamos estar de braços abertos para conversar. Todos serão bem vindos”, destacou Jumara.

Para a presidente, não há necessidade de ser um expoente na música ou no canto, basta ter força de vontade e gostar do que faz para integrar o Coral Comunicação Unicanto.

“Voz bonita todo mundo tem. Tem que ter vontade, gostar de cantar e ter um ouvido bom para música. Não precisa ser um conhecedor de música e de partituras, mas que tenha um ouvido apurado para entender as tonalidades. Quem for integrar o Unicanto passará por um teste. Às vezes as pessoas têm vontade e não tem o dom de cantar. Muitos têm o dom, mas não sabe que tem porque está escondido. É uma questão de descobrir os talentos. O primeiro lugar é gostar de música e de cantar. Isso é fundamental”.

Jumara salienta que muitos têm voz de solista, aquela que se destaca das demais. Sempre frisamos que todas as vozes são importantes. Somadas, segundo a presidente do Coral Comunicação Unicanto, elas trazem a melodia perfeita para quem está acompanhando as apresentações. Ela salienta que convites para apresentações em festivais de coros não faltam para os componentes. O que tem faltado é tempo e ajustes nas datas para poder contemplar a todos.

“Estivemos este ano em diversos municípios. Só não vamos mais porque não conseguimos conciliar as datas dos convites e também devido a verba financeira que é limitada para o transporte. Mas nos esforçamos para estar na grande maioria dos encontros de coros que somos convidados”, destacou.

Não há limite de idade para fazer parte do coral que ensaia sempre nas terças-feiras, a partir das 19 horas, no Salão Paroquial de Guaporé.

Central de Conteúdo Unidade Rede Scalabriniana

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais