Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Sarandiense é finalista em concurso nacional de qualidade em salames – Rádio Sarandi

por José Leal de Oliveira

A segunda e última etapa de avaliação do “Prêmio Brasil Artesanal 2020 – Charcutaria” foi realizada, na quinta (19), na sede da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília. Entre os cinco finalistas está a fabrica de embutidos Araldi de Sarandi.

 Os produtos que haviam sido classificados anteriormente pela Comissão Julgadora foram avaliados novamente por cerca de 50 convidados, que seguiram todos os protocolos de segurança dos órgãos de saúde devido à pandemia. Os produtores finalistas são dos estados de Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul.

De acordo com a assessora técnica da CNA, Marina Zimmermann, a avaliação foi realizada às cegas. “Durante a degustação havia uma Roda dos Sabores para auxiliar quem estava provando. Algumas pessoas tiveram dificuldade em escolher apenas um salame”, disse.

Segundo a assessora, foi uma experiência interessante já que os cinco produtos finalistas possuem alta qualidade, cada um com uma característica própria como defumação com folhas de laranjeiras, produção com carne suína da raça Moura, uso de leveduras, condimentos e tempo de dessecação diferente.

“Os produtos foram elaborados em regiões distintas, o que mostra a diversidade e a alta qualidade dos produtos artesanais brasileiros, além de todo cuidado e carinho com a fabricação dos salames”, destacou Zimmermann.

Após a avaliação, os votos do júri foram depositados em urnas lacradas e serão contados e acrescidos da pontuação obtida na etapa classificatória para a contagem da nota final de cada produto participante.

O produtor vencedor receberá R$ 3.000 e certificado de campeão do “Prêmio Brasil Artesanal 2020 – Charcutaria”. O segundo colocado receberá certificado de vice-campeão e R$ 1.700. O terceiro colocado receberá certificado e R$ 1.000. Já o quarto e quinto lugar receberão R$ 500 e R$ 300, respectivamente, além do certificado.

O prêmio é uma parceria com a Academia da Charcutaria e faz parte das ações do Programa de Alimentos Artesanais e Tradicionais do Sistema CNA/Senar. O objetivo da iniciativa é reconhecer os produtores dos melhores salames artesanais do Brasil.

Os finalistas são:

Gesner Ferreira Belisário – Salaminho da Serra (MG)

Ediney Neis – Salame Italianinho, Charcutaria Caravaggio (PR)

Bruno Gedoz – Zampa Grigia (RS)

Olivar Araldi – Embutidos Araldi (RS)

Maria Aparecida Lopes – Novo Imigrante Charcutaria (ES)

Central de Conteúdo Unidade Sarandi

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais