Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
14:00:00
Em Alta
18:00:00
 
 

Brigada Militar localiza veículo roubado em latrocínio na zona rural de Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, foram presas durante abordagem na rodovia ERS-324 em Marau

Veículos recuperados pelos policiais militares
Foto: Brigada Militar

Policiais da Brigada Militar (BM), GPM de Vila Maria – pertencente ao 3º Esquadrão da BM de Marau, efetuaram na madrugada da quarta-feira, dia 30 de dezembro, a prisão de três pessoas, sendo dois homens e uma mulher, na rodovia ERS-324, proximidades da empresa Metasa, em Marau. O trio estava em dois veículos que deslocavam-se no sentido Casca/Passo Fundo. Um deles, a caminhonete Mitsubishi MMC/L200, placas IJR-0200, roubada na noite da segunda-feira, dia 28, na Linha Segunda/Comunidade São Pedro, zona rural de Guaporé. Na ação delituosa, três criminosos assassinaram Felipe Mói, 30 anos, com três disparos de arma de fogo e subtraíram, além da L/200m, celulares, armas e outros objetos eletrônicos. O outro era um automóvel Ford Fiesta, cor vermelha, também em situação de furto/roubo.

De posse de informações, a guarnição montou uma barreira e aguardou a passagem dos veículos. Enquanto esperavam, policiais militares acompanhavam a movimentação na sala de operações e videomonitoramento. O condutor da caminhonete L/200, de 19 anos, foi abordado e recebeu voz de prisão. Durante a operação, houve a constatação de que um casal dava suporte. A dupla foi abordada no automóvel. Na análise, os policiais verificaram, num primeiro momento, que as placas do veículo estavam sem lacres e, na consulta do número do chassi, constataram que era fruto de ação criminosa ocorrida em Porto Alegre. As placas ISE-4956, do município de Sapucaia do Sul, eram adulteradas. As originais eram IRY-7E36. Na condução um menor com 15 anos e ao seu lado a companheira de 25 anos. Na revista interna no Fiesta, os policiais encontraram a carteira do motorista que estava trafegando com L/200, o que comprovou o vínculo entre o trio.

O menor foi detido e a mulher recebeu voz de prisão sendo encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Marau, onde, juntamente com o jovem que estava na L/200, registrou-se a ocorrência pelos crimes de receptação, corrupção de menores e adulteração de característica de veículo automotor. Os trabalhos de investigação para elucidação da participação do trio no latrocínio ocorrido em Guaporé, bem como a identificação dos demais criminosos está em andamento.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários