Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Três presos pela Brigada Militar durante ação contra o tráfico de drogas em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

Foram localizadas pedras de crack, cocaína, balança de precisão e telefones celulares em imóvel no bairro Santo André

Drogas, celulares, dinheiro e outros objetos apreendidos pelos policiais militares durante ação no Santo André
Foto: Brigada Militar/Força Tática

Mais uma ação exitosa de combate ao tráfico e associação para o tráfico de drogas foi realizada pela Brigada Militar (BM), através dos policiais da Força Tática (FT) – pertencentes ao 3º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (3º BPAT), em conjunto com a guarnição do 4º Pelotão da BM, de Guaporé. A atividade, que resultou na prisão de três pessoas e na apreensão de drogas e outros objetos, aconteceu na noite da sexta-feira, dia 20 de novembro, na rua Albertino Tramontina, no bairro Santo André, nas proximidades da famosa escadaria. A ação foi comandada pelo tenente Júlio César de Oliveira Greff.

Os policiais militares receberam, através da Central de Operações (Telefone 190), diversas denúncias que, homens e mulheres em um imóvel, estavam comercializando entorpecentes. Usuários, segundo eles, constantemente se deslocavam em plena luz do dia para a aquisição. Na oportunidade, as guarnições flagram um homem, desembarcando de um táxi, e indo ao ponto. Ele adquiriu 14 pedras de crack, sendo toda ação flagrada pelos policiais que, em rápida abordagem, deram voz de prisão ao casal (ele 34 anos e ela 22 anos) e uma mulher (23 anos) que estavam lá. A movimentação era tão grande que outros três usuários foram flagrados, com dinheiro para comprar entorpecentes, chegando na residência.

No interior, as equipes localizaram aproximadamente R$ 515,00, oito buchas de cocaína, nove pedras de crack prontas para venda e uma porção grande de cocaína de 49,7 gramas, balança de precisão, anotações, cinco aparelhos de telefone celulares, entre outros. Dois deles, de 34 anos e de 23 anos, possuíam antecedentes criminais como tráfico (o mais velho), posse irregular de arma de fogo, posse de entorpecentes e ameaça (a mais nova).

O trio, após receber voz de prisão, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, para o registro do flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico de drogas. Posteriormente foram conduzidos para o Presídio Estadual de Guaporé onde ficarão à disposição da Justiça.

 

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários