Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
06:30:00
Caminhos da Fé
08:00:00
 
 

Cookies e Política de Privacidade
A Tua Rádio utiliza cookies para personalizar conteúdos e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Presídio Estadual de Guaporé: Em revista na ala feminina, agentes da Susepe encontram celulares, maconha e facas artesanais

por Eduardo Cover Godinho

Estabelecimento penal, com aproximadamente 180 apenados, segue interditado pela Justiça

Materiais apreendidos pelos agentes durante revista
Foto: Divulgação

Agentes da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), lotados no Presídio Estadual de Guaporé, localizaram e apreenderam uma quantidade significativa de objetos eletrônicos e produtos ilícitos em uma das celas do estabelecimento penal. A ação foi desencadeada pela administração da casa prisional após o recebimento de denúncias do uso de aparelhos telefônicos pelas apenadas.

Durante revista em uma das celas da ala feminina, os agentes encontraram seis aparelhos de telefone celular (marcas Motorola, Samsung, LG e BLU). Quatro possuíam chip de duas operadoras (Claro e Vivo). Além destes equipamentos, foram localizados dois carregadores para celulares, uma bateria, uma porção de maconha (pesando 74 gramas), quatro estoques artesanais (facas) – estas construídas através da divisão de duas tesouras e outros objetos.

Os agentes da Susepe, mesmo com indagações junto às detentas, não conseguiram identificar de quem eram os produtos e o entorpecente apreendidos.

 

Interditado

O Presídio Estadual prossegue sem o recebimento de novos criminosos e criminosas das Comarcas de Guaporé e Casca. A medida do Poder Judiciário – Vara de Execuções Criminais da Serra, publicada no mês de fevereiro, decorre da superlotação do estabelecimento penal que tem capacidade para 54 vagas, mas abriga atualmente cerca de 180 homens e mulheres. A direção da Susepe apresentou um plano para a remoção de apenados e, consequentemente, buscar a liberação da casa prisional.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários