Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Sargento Rebello assume comando do Corpo de Bombeiros Militar de Guaporé

por Eduardo Cover Godinho
Sargento Rebello avaliou como positivo o empenho e a dedicação dos novos colegas. Comandante assume o Pelotão de Guaporé
Foto: Divulgação

O 3º Pelotão do Corpo de Bombeiros Militar (CB), de Guaporé, pertencente ao 7º Batalhão de Bombeiros Militar (BBM) com sede em Passo Fundo, está sob novo comando. Marcelo André Rebello, 42 anos, conhecido como sargento Rebello, assumiu a responsabilidade do quartel, localizado na rua Benjamin Constant – bairro Nossa Senhora do Carmo (Pinheirinho), no lugar do tenente Luimar Flores Braseiro (reserva).
Natural de Ijuí, sargento Rebello, filho de Luiz Antônio (Funcionário Público) e Nelci Rebello (Dona de Casa), ingressou na Corporação em 2003 e, ao longo de 17 anos de plantão pela vida, passou por Porto Alegre, Carazinho, Ijuí e Palmeira das Missões. No Litoral Norte atuou com salva-vidas durante 10 temporadas nas Operações Golfinho. Há cerca de três meses na “Capital da Hospitalidade”, o novo comandante, casado com Andreia Seidenfus Rebello e pai de Marieli, André e Gabriela, está ainda se ambientando à cidade e visitando os outros 10 municípios que fazem parte da área operacional.
Rebello afirma que sua chegada no quartel foi motivada após uma reunião com o Major Airton Juarez Ickert, em Passo Fundo. A carência no quadro de servidores (efetivo) fez com que viesse para Guaporé e, após conhecer toda a estrutura e os colegas de trabalho, permanecesse em definitivo.
“Fiquei muito impressionado com a qualidade e hospitalidade da comunidade de Guaporé. Encontrei aqui uma unidade muito bem equipada, com novas viaturas e quartel em condições. Apesar do baixo número de servidores, o efetivo é muito dedicado e comprometido”, destacou.
O déficit no efetivo não é exclusividade do quartel dos Bombeiros de Guaporé. Porém, a carência é superada pelo profissionalismo, empenho da equipe, viaturas em condições e com os modernos equipamentos de proteção individual (EPIs) utilizados para auxiliar na atividade primordial que é salvar vidas.
“Nos próximos dias colocaremos mais uma conquista à disposição da comunidade guaporense e regional. A Unidade de Resgate será uma nova ferramenta para o atendimento às vítimas de traumas. É bom lembrar que há um efetivo qualificado no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), porém, por diversas vezes nos deparamos com duas ou mais vítimas para serem conduzidas aos hospitais. Também podem estar em outro atendimento e a comunidade se depara com mais situação de emergência”.
O comandante, sargento Rebello, destacou ainda:
“Desde que cheguei, logo percebi que o efetivo é muito dedicado. Temos colegas que são oriundos da Brigada Militar e que durante o processo de desvinculação (iniciado em 2014 e efetivado em 2016), por suas especialidades, puderam optar em servir na Corporação. Somos todos bombeiros por opção e estamos convictos de nosso papel na sociedade. Não podemos e não vamos nos deixar abater por dificuldades, muitas vezes governamentais, que afetam a moral. Nosso ofício requer constante treinamento e aperfeiçoamento. Temos que estar preparados para atender todas as demandas da comunidade, onde escolhemos viver”, afirmou.
Rebello, com quase duas décadas de serviços ininterruptos na Corporação, é conhecedor das dificuldades e não mede esforços para estar ao lado dos 12 bombeiros lotados no CB de Guaporé nos atendimentos de sinistros, acidentes, buscas e salvamentos, entre outros, nos municípios de Guaporé, Serafina Corrêa, Dois Lajeados, Casca, União da Serra, São Valentim do Sul, Santo Antônio do Palma, Vista Alegre do Prata, São Domingos do Sul, Montauri e Vanini.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários