Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Polícia Civil prende traficante no bairro São Cristóvão

por Eduardo Cover Godinho

Agentes localizaram cocaína, balança de precisão, embalagens plásticas para acondicionar a droga e quantidade significativa de dinheiro

15 buchas de cocaína foram localizadas pelos agentes
Foto: Eduardo Cover Godinho

O combate à comercialização de entorpecentes, o chamado “Tráfico de Drogas”, tem mobilizado as forças da segurança pública. São os recursos financeiros obtidos com a venda que potencializam outros crimes. Na batalha contra o tráfico, os agentes da Delegacia de Polícia Civil (DP), de Guaporé, investigam e agem pontualmente. Foi numa operação realizada no começo da noite da quarta-feira, dia 5 de agosto, no bairro São Cristóvão, a cerca de 500 metros da DP, que uma mulher, de 67 anos, foi presa em flagrante.

A equipe, comandada pelo delegado Tiago Lopes de Albuquerque, localizou em um imóvel (residência com estabelecimento comercial), situado na rua Antônio Silvestre Spiller, 14 buchas de cocaína (fracionadas), mais uma bucha com o usuário, uma balança de precisão e embalagens plásticas para acondicionar as porções. Uma quantidade significativa de dinheiro, que totalizou R$ 5,38 mil, foi aprendida.

“Conseguimos lograr êxito em mais uma ação de combate ao tráfico. Com auxílio da comunidade, que tem sido parceira nas denúncias, flagramos o momento exato que um usuário havia adquirido a cocaína. Ele entrou no pátio com o automóvel, desceu e foi até o bar para pegar a droga (uma bucha R$ 50,00). Nossos agentes não têm medido esforços para diminuir a comercialização de drogas. É uma luta árdua, mas com apoio da comunidade de bem esperamos vence-la”, destacou Albuquerque.

A traficante, com antecedentes criminais por tráfico de drogas, recebeu voz de prisão e foi encaminhada para a DP de Guaporé para o registro do flagrante. Posteriormente foi conduzida para o Presídio Estadual de Guaporé onde fica à disposição da Justiça.

 

Vencidos

No estabelecimento comercial, os policiais civis verificaram que a maioria dos produtos expostos para a venda estavam com data de validade vencida. Diante da situação, os fiscais da Vigilância Sanitária, departamento pertencente a Secretaria Municipal de Saúde, foram acionados. As mercadorias foram recolhidas e a proprietária será autuada.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários