Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
 
 

Progressista apresenta projeto sugestão para limpeza anual do Arroio Barracão

por Eduardo Cover Godinho

Vereador Valcir Fanton, o Pita, enviará para o Poder Executivo o documento solicitando que canal seja limpo três vezes ao ano

Documento, obrigando a limpeza do canal três vezes ao ano, será encaminhada ao Governo Fabris e Bastian
Foto: Eduardo Cover Godinho

O Arroio Barracão, com os altos índices pluviométricos em menos de 10 dias que atingiram a região, voltou a colocar em alerta e causou pânico nos moradores ribeirinhos. O canal, que corta a cidade de norte a sul passando por sete bairros e duas comunidades da zona rural, transbordou em pelo menos três pontos, mas a água não chegou a invadir as residências e causar prejuízos financeiros.

A limpeza realizada pela Administração Municipal, através da equipe da Secretaria de Obras e Viação – liderada pelo secretário Fabiano Farina, somada ao alargamento do canal em trechos cruciais, é apontada como fator determinante para que não tenha ocorrido o transbordo. Outras questões importantes como o EcoMóvel/EcoPonto (recolhimento de resíduos volumosos) e a nova ponte do Curtume (maior vazão) também entram na lista das ações eficazes que evitaram a cheia do Arroio Barracão.

Diante da limpeza e alargamento que geraram efeito positivo, o vereador progressista Valcir Fanton, o Pita, apresentou durante a sessão ordinária da segunda-feira, dia 13 de julho, um projeto sugestão para que o Poder Executivo, a partir de 2021, efetue ações desta natureza três vezes ao ano.

“Encaminhei como sugestão que a Administração Municipal, independente de quem esteja no Poder, se comprometa com a limpeza do Arroio Barracão em três oportunidades por ano. Uma programação obrigando a manutenção em toda a extensão e que o Poder Legislativo seja informado para que haja uma fiscalização do cumprimento ou não da ação”, destaca Pita.

O vereador salienta ainda:
“O projeto sugestão vem ao encontro dos anseios da comunidade ribeirinha que, a cada chuva forte, sofre com a eminência do transbordo. Não é fácil conviver com a possibilidade da água entrar na sua residência e destruir o que encontra pela frente”, salientou o progressista que encaminhará o projeto para análise do Governo Municipal.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários