Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
18:00:00
Encontro Certo
19:00:00
 
 

Chuva causa preocupação para ribeirinhos ao Arroio Barracão em Guaporé

por Eduardo Cover Godinho

A chuva intermitente que atinge o Rio Grande do Sul, acompanhada de fortes rajadas de vento em pontos isolados, está causando estragos e muita preocupação para os gaúchos. Em muitos locais a quantidade pluviométrica ultrapassa os 180 milímetros e os ventos sopram entre 70 e 100km/h.
O município de Guaporé, conforme a Coordenadoria Municipal de Defesa Civil (COMPDEC), sob coordenação de Rafael Pissetti, contabiliza até o momento 130mm e o Arroio Barracão, flúmen que corta a cidade de Norte a Sul passando por sete bairros, está no limite para transbordar. Moradores ribeirinhos estão apreensivos e torcendo para que “São Pedro” dê uma trégua na chuva para que o leito volte a diminuir sua vazão.
A manutenção do canal, com a limpeza, retirada de galhos, pedras e o alargamento em pontos específicos realizado pela equipe de servidores da Secretaria Municipal de Obras e Viação, colaborou para que não houvesse o transbordo, até o momento. Nos anos anteriores, com essa quantidade de chuvas, a água começava a invadir as residências, em especial nas proximidades do Salão Comunitário Nossa Senhora Aparecida e na Avenida Imigrante (Bairro Planalto) e nas proximidades do Cemitério Municipal (Bairro Santo André e Nossa Senhora do Carmo/Pinheirinho). No bairro Vila Verde, uma equipe da secretaria, acompanhada da Defesa Civil, presta atendimento em um imóvel e colabora na desobstrução de uma tubulação de água.
“Estamos em alerta e colocamos a equipe da Defesa Civil de prontidão para qualquer eventualidade que possa acontecer. Acompanhamos minuto a minuto o volume de água que corre na calha do Arroio Barracão”, destacou Pissetti.
Para qualquer situação de risco, a Defesa Civil de Guaporé coloca o telefone à disposição (54) 9.9922.2890.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários