Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
19:00:00
A Voz Do Brasil
20:00:00
 
 

“Seria necessário mais R$ 1,5 milhão para conclusão do Ginásio Municipal Multiuso”, afirma secretário da Fazenda

por André Fabio Bresolin

Com a readequação do projeto concluída, a Administração Municipal buscou recursos junto à União

Após concluído, o Ginásio Municipal Multiuso custará aos cofres públicos aproximadamente R$ 7 milhões
Foto: Eduardo Cover Godinho

As obras no Ginásio Municipal Multiuso, iniciadas em 2009 quando o Poder Executivo estava nas mãos do prefeito Antônio Carlos Spiller (PP), prosseguem em ritmo acelerado na colocação das colunas de sustentação da estrutura metálica (cobertura) e a expectativa é que esteja à disposição da comunidade ao longo do segundo semestre deste ano. O otimismo é do atual Chefe do Poder Público, Valdir Carlos Fabris (PDT) e da equipe de Governo.

Com a readequação do projeto estrutural concluída, a Administração Municipal buscou recursos junto à União e abriu os cofres para que a tão sonhada estrutura esportiva fosse concluída. Em 2019 foram empenhados cerca de R$ 2,7 milhões para o reinício dos trabalhos. O valor foi investido para a construção das fundações, colocação das colunas e de toda a estrutura metálica (cobertura). As atividades, a cargo da empresa Cidade Projetos e Construções Ltda, estão a todo o vapor.
Para dar continuidade aos trabalhos de reforma e reestruturação do prédio que fará parte da estrutura, estão reservados, conforme destacou o secretário da Fazenda, Celso Fernando Grando, mais R$ 1,2 milhão. Estão sendo licitada as construções dos banheiros, vestiários, quadra poliesportiva, iluminação (casa de força e área interna do ginásio).

“Além das duas etapas que dão forma à cobertura do Ginásio Municipal Multiuso, estamos com a licitação em andamento para mais algumas obras fundamentais para que a estrutura possa ser utilizada. Após esse investimento de mais R$ 1,2 milhão, a somatória de recursos depositados na obra pelo Governo Fabris e Bastian chegará a quase R$ 4 milhões. Chegaremos bem próximo da conclusão”, afirmou Grando.
Faltarão, conforme o secretário, somente as arquibancadas, que comportarão cerca de 3,5 mil pessoas sentadas. Para que possam sair do papel, a estimativa é de investimento na ordem de R$ 1,5 milhão.

“O valor é elevado. A estrutura das arquibancadas será pré-moldada e elas poderão ser construídas ao longo do tempo. Agora não há recursos disponíveis para sua construção, infelizmente. Estamos torcendo para que o projeto encaminhado a Brasília, solicitando R$ 1,5 milhão para investimento no ginásio, possa ser aprovado. Se obtivermos sucesso, poderemos licitar a obra e dar sequência nos trabalhos de conclusão”, disse.

Após concluído, o Ginásio Municipal Multiuso custará aos cofres públicos aproximadamente R$ 7 milhões.

“O grande problema é que o Governo Fabris e Bastian teve que adaptá-lo e dar sequência ao prédio existente (construção com cinco andares). A estrutura inacabada estava no primeiro projeto e não podemos abandoná-lo. Se não houvesse essa estrutura, poderíamos ter feito uma nova praça esportiva de forma que onerasse menos os cofres do Município”, destacou o secretário Grando.

Central de Conteúdo/Rádio Aurora 107.1 FM
Rede Scalabriniana de Comunicação
Siga-nos no Instagram: @rdauroraguapore

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários