Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Geneci Bastian é reconduzida para mais uma gestão como patroa do CTG Os Desgarrados

por Eduardo Cover Godinho

Ao lado da nova patronagem, Geneci terá mais um ano para desenvolver atividades e promover ações na entidade tradicionalista

Peões e prendas associados do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Os Desgarrados, de Guaporé, reconduziram Geneci Fátima Bombana Bastian à liderança da patronagem para a gestão 2020/2021. A Assembleia Geral Ordinária, nos termos do art. 20 do estatuto da entidade tradicionalista e dentro das normas sanitárias e de saúde preconizadas, aconteceu na noite do dia 31 de agosto. Na oportunidade, além da eleição da nova diretoria (Patronagem) e da Junta Fiscal (Conselho de Vaqueanos), houve a apresentação da prestação de contas. Os números, apesar das dificuldades, foram satisfatórios.
Geneci terá como vice Alex Panfolfo. A patronagem é composta ainda por: Fernanda Baesso (1ª Secretária); Graziela Scalco Galon (2ª Secretária); Rudinei Marin (1º Tesoureiro); Evandro Ecco (2º Tesoureiro). Fazem parte do Conselho de Vaqueanos: Rodrigo Marin; Celso Luis Villa; Otacir Camilo Alba; Amon Refosco; Paula Fernanda De Pauli; Ivanir Bassani.
“São pessoas comprometidas e que trabalharão muito para que o CTG Os Desgarrados possa continuar crescendo no Município e na 11ª Região Tradicionalista. Nosso objetivo é valorizar cada vez mais da cultura gaúcha”, disse Geneci.
Em seu primeiro ano, a patroa esteve à frente em um dos maiores feitos da invernada adulta nos tablados do Rio Grande do Sul. Sob instrução artística de Renato Cavalheiro, a invernada, com o tema “Alma Cigana”, conquistou o 11º lugar nas Danças Tradicionais – Força B, no Encontro de Artes e Tradição Gaúcha (Enart). Eram 40 grupos em Santa Cruz do Sul. Também viu o número de crianças, adolescentes e jovens crescer nas invernadas pré-mirim, mirim e juvenil. O CTG Os Desgarrados, dentro da sua gestão, deu continuidade aos jantares bailes de confraternização, comercialização de almoços para a comunidade aos domingos (Dela Cucina dos Amigos), oficinas de Declamação, eventos culturais e encontros de patrões da 11ª RT.
Parte da gestão 2019/2020, devido às medidas de enfrentamento à pandemia do coronavírus (Covid-19), ficou prejudicada. Sem a possibilidade de abrir as portas do CTG para ensaios das invernadas e a promoção de eventos, a patronagem obrigou-se a promover ações para obter recursos financeiros para o pagamento das despesas. Destacaram-se o brechó solidário e o “Drive-In Show”, ambos respeitando os protocolos sanitários e de saúde exigidos pelas autoridades.
“A pandemia pegou todos de surpresa. Jamais imaginamos passar por um momento assim. Diante das necessidades, arregaçamos as mangas e promovemos um evento inédito no Estado. O Drive-In Show foi elogiado pelo Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG). O certo é que não nos deixamos abater nas dificuldades e acreditamos que muito ainda temos para mostrar dentro do tradicionalismo”, salientou.
A patronagem espera poder retornar com as atividades presenciais, dentro de todas as regras necessárias, para continuar cultuando a tradição gaúcha na comunidade guaporense e regional.

Central de Conteúdo Unidade Aurora

Enviar Correção

Comentários