Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
05:00:00
Tá na Hora
07:00:00
 
 

Policiais Civis de Marau são promovidos por ato de bravura

por Ana Lúcia Jacomini

A promoção partiu do Conselho Superior de Polícia do Rio Grande do Sul

O Conselho Superior de Polícia (CSP), julgou a ação dos policiais civis de Marau, em um roubo com reféns, ocorrido no final do mês de junho. O órgão colegiado, presidido pela Chefe de Polícia Nadine Anflor, entendeu, por unanimidade, que a ação do Delegado Norberto Rodrigues, Inspetor Ivan Bernardi e Escrivã Fabiola Pagotto foi extraordinária.

A nota do CSP aponta que “em ação policial, visando à defesa da ordem e segurança pública, vieram a preservar a vida de outrem, colocando em risco incomum a própria vida, demonstrando elevado espírito público, coragem, audácia, e a presença de qualidades morais extraordinárias”.

Assim, os três policiais civis foram promovidos por ato de bravura, nas suas respectivas carreiras: Delegado Norberto foi para a terceira classe, Inspetor Ivan Bernardi para Comissário e a Escrivã Fabíola Pagotto para quarta classe.

RELEMBRE O CASO:
Na noite de 29/06/2019, a polícia recebeu informações de que duas pessoas mascaradas e armadas teriam entrado em uma residência nas proximidades da Banco Cresol em Marau. Foram ao local verificar o fato, e, com apoio da Brigada Militar, ao cercar o perímetro, se depararam com um roubo a residência com três reféns. Houve confronto com os policiais, restando um criminoso baleado e outro morto. As três vítimas foram libertadas sem nenhuma lesão. Na ocasião, ao se impedir o roubo, se elucidou mais três casos: um roubo ocorrido horas antes na cidade de Paraí, a recuperação de um veículo furtado em Vila Maria e a recuperação de uma pistola furtada em Marau.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais