Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Forças de segurança e prefeitura lançam operação para apurar denúncias de perturbação de sossego e outros crimes, em Caxias do Sul

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

Fiscalização nos estabelecimentos e no trânsito também são foco da Operação Nômade

Foto: Divulgação / João Pedro Bressan

Os órgãos de segurança de Caxias do Sul, juntamente com as Secretarias do Urbanismo (SMU) e Segurança Pública e Proteção Social (SPPS), lançaram oficialmente, no último final de semana, a Operação Nômade para coibir crimes na cidade.

Conforme o Diretor de Fiscalização da SMU, Rodrigo Lazarotto, a operação busca fazer os processos burocráticos e de fiscalização dos alvarás dos estabelecimentos bem como coibir crimes de trânsito, ou de roubo de veículos e tráfico de drogas, por isso a necessidade da integração das forças de segurança: “É uma operação que foi alinhavada no Gabinete de Gestão Integrada do município que conta com a participação da Brigada Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, o Exército também nos auxilia. Então, são vários órgãos que estão reunidos”.  

Como resultado da primeira edição da Operação Nômade, que ocorreu na última sexta-feira (06) e madrugada de sábado (07), 406 pessoas abordadas, 223 carros e 64 motos fiscalizados, 32 veículos autuados e destes, quatro, foram removidos ao guincho. Uma moto foi recolhida por estar em situação de furto. Uma pessoa foi presa por porte ilegal de arma e foi apreendido um pacote de entorpecente.

Já a equipe de Fiscalização da SMU, interditou quatro estabelecimentos, três deles por falta de alvará e perturbação do sossego. O quarto estabelecimento, localizado na Moreira Cesar, foi fechado por venda de bebidas alcoólicas para menores e por ter jogos de azar/máquinas caça-níqueis. O proprietário foi preso, pagou fiança e vai responder pelo crime em liberdade. Nesse sentido, Lazarotto afirmou que a secretaria pretende impor regras mais rígidas, principalmente para estabelecimentos que comercializam bebidas. “Nossa parte administrativa, ao menos, a gente vai colocar uma regra mais rigorosa. Inclusive para concessão dos alvarás a gente vai pedir uma manifestação prévia dos órgãos de segurança para ver se não tem antecedentes. Então, pra liberação de alvarás pra essas atividades de entretenimento, como bares noturnos a gente vai ter esse trabalho preventivo”.

Durante entrevista na tua Rádio São Francisco, Lazarotto também afirmou que a prefeitura está recebendo inúmeras denúncias da população devido à perturbação de sossego, porém essas denúncias são em sua maioria dos bairros: “Hoje, a gente está com uma questão na área central e na Estação Férrea bem tranquila. A gente tem recebido um enorme número de denúncias dos bairros”.

A partir de agora, a Operação Nômade será realizada de forma rotineira pelo Gabinete de Gestão Integrada Municipal. As denúncias podem ser feitas pelo Alô Caxias, no número 156.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais