Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Polícia Civil deve indiciar duas pessoas pela morte de Juliana da Silva

por Ana Lúcia Jacomini

Crime ocorreu em 2015

Inquérito feito pela polícia marauense tem cerca de mil páginas
Foto: Arquivo/Tua Rádio Alvrada

A Polícia Civil de Marau está concluindo o inquérito sobre a morte de Juliana da Silva -  crime ocorrido em 2015. Na ocasião, a mulher, de 27 anos, foi dada como desaparecida por familiares e encontrada morta dois dias depois do início das buscas. Seu corpo foi encontrado no dia 09 de novembro, em uma mata, no meio rural de Gentil, próximo à divisa com Marau. Juliana morava há mais ou menos seis quilômetros do local onde seu corpo estava.

O Delegado Norberto Rodrigues, titular da DP de Marau, revelou que duas pessoas serão indiciadas. Os crimes que elas cometeram se enquadra em homicídio e ocultação de cadáver. São mais de mil páginas no inquérito, descrevendo as linhas investigatórias, o trabalho policial e suas conclusões. Ainda nesta primeira quinzena de março, o processo deve ser encaminhado para o Poder Judiciário.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais