Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Ano legislativo inicia com votação da admissibilidade do impeachment do Governo Municipal de Caxias do Sul

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

A primeira sessão ordinária do ano também contará com um pronunciamento do prefeito Flávio Cassina, com a eleição do novo vice-presidente da Mesa Diretora e discussão de projetos de lei

Foto: Divulgação / Gabriela Bento Alves

Após um final de 2019 e início de 2020 agitados na política de Caxias do Sul, por conta da cassação do mandato do prefeito Daniel Guerra (Republicanos) e troca do governo Municipal, o ano legislativo inicia oficialmente nesta terça-feira, 04 de fevereiro. A primeira sessão ordinária deverá seguir o ritmo movimentado, de acordo com o presidente da Casa, vereador Ricardo Daneluz (PDT). “Nós teremos nessa primeira sessão uma manifestação do prefeito Cassina; nós teremos uma eleição para primeiro vice-presidente da Mesa Diretora; teremos votação do pedido de impeachment que entrou contra o prefeito e o vice; também pretendemos colocar em votação alguns projetos. Então, nosso ano legislativo começa de uma forma bastante movimentada e a tendência é de que, no ano todo, tenhamos bastante atividades”.     

A legislatura também vai iniciar o ano com novos integrantes. Devido a eleição de Flávio Cassina (PTB) como prefeito, ingressa na Câmara Clóvis Xuxa (PTB); para substituir Elói Frizzo (PSB) que está como vice-prefeito, chega Wagner Petrini (PSB); e Adriano Bressan (MDB), que esteve no final do ano na Câmara, durante o impeachment para substituir Gládis Frizzo (MDB), retorna para a legislatura, mas, agora para substituir Paulo Périco (MDB), que foi para a Secretaria da Cultura. Quanto a nova formação da Câmara de Vereadores, Daneluz afirmou que é preciso de um tempo para constatar se os parlamentares farão mais oposição ao governo Municipal, como ocorria até então, ou se haverá mais aceitação das ações dos Executivo. “Nós temos 23 vereadores na Câmara Municipal e cada um pensa de uma forma, cada um trabalha de uma forma, tem suas opiniões. Então, acho que é meio cedo ainda a gente prever os posicionamentos de cada um. Logo nas primeiras sessões ordinárias nós poderemos ter os parâmetros disso”.  

Além das sessões e votações, Daneluz afirmou que serão realizados projetos e modificações na Câmara enquanto instituição: “Estamos buscando e já trabalhando em uma reforma administrativa. Também pretendemos enxugar o número de cargos comissionados. Nós fizemos uma visita ao prefeito Flávio Cassina para pedir algumas coisas: a integração do sistema Legix para a prefeitura poder protocolar e acompanhar diretamente os projetos; pedimos também que a Câmara possa ter acesso ao Diário Oficial o que pode gerar economia. Buscamos ainda aumentar a equipe para um grupo de trabalho para a questão da consolidação das leis”.

O meio ambiente também será um dos focos do Legislativo caxiense: “Levamos também ao prefeito a sugestão de um projeto chamado ‘Jogue Limpo com Caxias’. Nós pretendemos fazer várias ações no Legislativo referente à sustentabilidade e estamos levando para que o Executivo e a comunidade também façam parte desse projeto”.  

As sessões ordinárias na Câmara de Vereadores ocorrem de terça-feira a quinta-feira, com início às 8h30, na Sala de Sessões Deputado Nadyr Rossetti. As sessões também são transmitidas pelas redes sociais da Câmara, pelo canal 16 da Net Digital.     

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais