Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
08:00:00
Missa Dominical
08:50:00
 
 

ARI Serra Gaúcha emite nota sobre dificuldade na comunicação com secretários municipais

por Rodrigo Fischer

No comunicado, associação defende o acesso à informação pelos profissionais de comunicação, afirmando que, ao criar obstáculos, o poder público fere a transparência inerente ao cargo eletivo

Foto: Divulgação

A Associação Riograndense de Imprensa (ARI) da Serra Gaúcha publicou uma nota oficial, nesta terça-feira (23/07), falando sobre a dificuldade da Tua Rádio São Francisco em contatar os secretários municipais de Caxias do Sul para se pronunciarem a respeito de pautas que afetam a população caxiense.

Confira a nota oficial

A ARI vem posicionar-se diante do fato divulgado pela Tua Radio São Francisco referente à dificuldade de jornalistas contatarem secretários municipais de Caxias do Sul para entrevistas, a Associação Riograndense de Imprensa - Seccional Serra Gaúcha (ARI Serra Gaúcha) se pronuncia nos seguintes termos:

Compete à imprensa o papel de informar a sociedade pautada na ética e comprometida com a veracidade sobre o cotidiano da vida em sociedade, principalmente, quando se refere aos poderes públicos e às autoridades eleitas pelo voto do povo. Os jornalistas têm sob sua responsabilidade a função social levar os fatos à comunidade em que estão inseridos, bem como alertar sobre as leis em vigor ou condutas impróprias que afetem os direitos de cada cidadão.

Ressalta-se que as leis, principalmente, a Constituição Federal (CF), asseguram aos profissionais da comunicação e a todas as pessoas o acesso à informação pública (Lei nº 12.527/2011). Além disso, é um dos princípios dos poderes públicos, ou seja, dos Executivos, dos Legislativos e do Judiciário, a publicidade de seus atos (artigo 37 da CF). Ao criar obstáculos aos profissionais da comunicação e à comunidade no acesso às informações públicas, os representantes dos órgãos públicos municipais de Caxias do Sul estão descumprindo as responsabilidades legais e a transparência inerente ao cargo eletivo.

Na execução dos compromissos e atividades, obrigatoriamente, quem atua na comunicação segue um Código de Ética no exercício da profissão. Jornalistas e as entidades que os representam, como a ARI Serra Gaúcha, têm como princípio o respeito às autoridades e esperam essa reciprocidade em nome do bem comum da sociedade.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais