Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
00:00:00
Igreja no Rádio
05:00:00
 
 

Prefeitura de Caxias anuncia novo decreto com maior flexibilização para a indústria

Baixar Áudio por Isadora Helena Martins

As novas regras serão publicadas nesta terça-feira (12) e buscam se adequar ao modelo de Distanciamento Controlado do Estado

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Caxias do Sul anunciou no final da tarde desta segunda-feira (11) que vai publicar um novo decreto com medidas de prevenção do novo coronavírus. Conforme o vice-prefeito, Elói Frizzo, as novas regras buscam adequar as medidas tomadas pelo Município ao decreto estadual, que entrou em vigor nesta segunda-feira (11), e que determina o Distanciamento Controlado.

Segundo Frizzo, o decreto será editado nesta terça-feira (12) com novas flexibilizações, mas também, com algumas restrições. Veja:

- Indústria poderá retomar as atividades com 75% da capacidade;

- Bares, pubs e casas noturnas permanecem fechados;

- Uso da máscara permanece obrigatório;

- A passagem gratuita para idosos acima dos 65 anos terá restrições. O benefício será liberado somente entre 9h e 16h. Segundo o vice-prefeito, o objetivo é dissolver o fluxo de passageiros impedindo que idosos utilizem o transporte em horários de pico;

- O transporte coletivo continuará operando somente com 55% da frota, mas a fiscalização seguirá sendo realizada.

- Sobre a liberação dos treinos nos clubes de futebol, Frizzo disse que ainda não tem uma definição. As negociações estão sendo realizadas com os dirigentes do Caxias e do Juventude.

- Os Centros de Formação de Condutores (CFCs) permanecem fechados;

- Os restaurantes que funcionam com sistema de buffet permanecem abertos, mas a orientação é que os funcionários sirvam os clientes;

- Escolas municipais e estaduais permanecem fechadas. Quanto às escolas da rede privada, Frizzo afirmou que o Município aguarda uma decisão do governo do estado para que possa seguir a mesma diretriz.

Durante a live, o vice-prefeito ainda fez um apelo para que a população não utilize praças e parques. Segundo ele, a indicação é de que sejam feitas caminhadas nas ruas da cidade, guardando a distância indicada de 2 metros entre as pessoas. Frizzo também salientou que a recomendação de ficar em casa e sair somente quando necessário permanece em vigor.

Verbas federais

Desde o início da pandemia, Caxias do Sul recebeu R$ 10 milhões do Governo Federal. Conforme Frizzo explicou na transmissão ao vivo desta segunda-feira (11) o valor foi investido na instalação do hospital de campanha, dentro do Hospital Virvi Ramos. Parte do recurso também foi utilizada nos 10 leitos de UTI instalados no Hospital Geral e, ainda, na abertura de novos leitos no Hospital Pompéia.

Frizzo também mencionou o projeto de lei aprovado pelo Congresso Nacional, que prevê a destinação de verbas para estados e municípios. Caxias do Sul deve receber R$ 66 milhões, caso não haja vetos do presidente Jair Bolsonaro. Desse valor, 10% serão aplicados na Saúde e o restante será utilizado para cobrir a perda de arrecadação de outros setores. Segundo Frizzo, o déficit previsto para esse primeiro semestre é de R$ 25 milhões.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais