Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
09:00:00
Temática
12:00:00
 
 

Novo diretor-presidente da Codeca deseja concentrar ações para diminuir déficit de mais de R$ 10 milhões

Baixar Áudio por Luiz Fernando

Empresa estaria com saldo negativo há três anos

Foto: UCS/Divulgação

A Companhia de Desenvolvimento de Caxias do Sul (Codeca) possui uma dívida de mais de R$ 10 milhões para ser recuperado em 2020. Há três anos a empresa passa por esse saldo negativo, conforme a informação do novo diretor-presidente, Nestor Basso, que assumiu o cargo nesta semana.

A grave situação financeira influenciará nas ações do gestor nesse um ano que possui a frente da companhia. Em entrevista à Tua Rádio São Francisco, ele afirma que vai focar na recuperação das receitas em fontes que foram perdidas, ajustar os contratos com clientes da empresa e reduzir os gastos. Na próxima semana, Basso vai traçar um plano de metas a fim de iniciar o processo de restauração econômica, fixadas em curto prazo. A ideia também é colher novos parceiros.

“Até a semana que vem teremos um plano de metas. Temos apenas um ano pela frente, por isso necessitamos possuir as atividades definidas para esse processo de recuperação. O horizonte nosso é até 2021, então temos que ter objetivos de curto prazo, que são as revisões de contratos e o equilíbrio de outros, além da conquista de novos clientes e da recuperação de antigos.”, esmiuça.

Em dezembro do ano passado, relatos de servidores da empresa davam conta de que a companhia proporia mexer no auxílio alimentação e no banco de horas. A ação poderia impactar numa paralisação nos serviços de coleta. A situação foi divulgada pela Frente Parlamentar em defesa da Codeca, pertencente a Câmara de Vereadores. Basso não comentou o tema, mas revela que tentará marcar uma reunião com o Sindicato dos Trabalhadores em Limpeza e Conservação de Caxias do Sul (Sindilimp). O tema seria o reajuste de salário.

“Essa semana será difícil, mas para a próxima tentarei marcar um encontro com o Sindilimp, haja vista que a base de reajuste [de salário] é janeiro para esse sindicato. Então, já vamos conversar, muito provavelmente, na próxima semana, para tratar sobre as condições do reajuste.”, detalha.

Ele explica quais os setores da companhia são afetados com o problema de finanças. A empresa possui dois departamentos responsáveis pela limpeza urbana e pela construção civil de Caxias do Sul. O primeiro consegue ser autossuficiente, mas o que realiza as obras na cidade possui dificuldades. Basso pretende diminuir as dívidas desta área com a obtenção de novos clientes a partir da revisão de preços e da duração do contrato.

“Temos dois grandes departamentos: um é de limpeza urbana e o outro é de construção civil. O departamento de limpeza urbana é autossuficiente, o de construção civil ainda não. Devemos tentar novos clientes para essa área e acertar os preços, a duração de contratos, as obras e assim por diante.”, revela.

Nestor Basso foi eleito novo diretor-presidente da Codeca no início desta semana pelo Conselho de Administração. Ele atuou como professor na Universidade de Caxias do Sul (UCS) por 37 anos. Na política, foi secretário municipal da Fazenda no mandato de Mário Vanin (PP). Agora, é filiado ao PSDB.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais