Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
07:00:00
Conectado
09:00:00
 
 

Coordenador do Procon Caxias aponta fatores para aumento dos preços de alimentos e outros produtos; órgão reforça fiscalização

por Isadora Helena Martins

Consumo elevado, alta do dólar, estiagem e dificuldade no transporte estão entre alguns pontos que influenciam nos preços

Foto: Divulgação / Dagoberto Machado dos Santos

Nos últimos dias, consumidores passaram a notar uma alta no preço de alguns produtos como alimentos, álcool gel e de limpeza. Diante disso, o Procon Caxias intensificou a fiscalização nos supermercados e estabelecimentos comerciais da região.

Porém, conforme destaca o coordenador do Procon, Dagoberto Machado dos Santos, uma série de fatores influencia na alta dos preços nesse contexto de pandemia, como a alta no dólar, estiagem, as dificuldades com o serviço de transporte e o consumo excessivo que ocorreu nos últimos dias. “Realmente está havendo o aumento de preços, mas o que estamos constatando: primeiro veio o consumo desenfreado, constatamos também que os valores nas distribuidoras subiram. Então, não podemos levianamente acusar aquele proprietário, daquele mercado, daquele bairro sendo que ele pode estar sendo vítima também, então, por isso que estamos pedindo nota de compra  e de venda para que não se faça injustiça. Por outro lado, o dólar subindo, a estiagem, o transporte também aumentou, então é um momento de excepcionalidade”.

Como forma de resolver impasses, Machado sugere o diálogo entre o consumidor e o proprietário como primeiro canal. Mas, caso o consumidor se sinta lesado por algum preço abusivo pode fazer denúncia nos sites consumidor.gov.br ou caxias.rs.gov.br/procon. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (54) 9 9929-8190. Ouça a entrevista completa AQUI.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais