Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

UCS faz nova seleção de voluntários para atuarem na pesquisa sobre prevalência da Covid-19 no RS

por Isadora Helena Martins

Podem se candidatar profissionais e estudantes e da área da saúde. Inscrições seguem até 15 de julho.

Foto: Divulgação / Andréia Copini

A Universidade de Caxias do Sul (UCS) lançou um novo edital nesta sexta-feira (10) para selecionar voluntários da área da saúde para atuarem na sexta etapa da pesquisa “Evolução da Prevalência de Infecção por COVID-19 no Rio Grande do Sul: Estudo de Base Populacional – EPICOVID-19”.

Podem se candidatar profissionais e estudantes da área da saúde. Os acadêmicos precisam estar vinculados a uma instituição de Ensino Superior reconhecida pelo MEC e estar cursando, no mínimo, o quarto semestre de cursos como: Enfermagem, Medicina, Fisioterapia, Nutrição, Farmácia, Biomedicina, Odontologia, Ciências Biológicas e Educação Física. As inscrições seguem até 15 de julho e devem ser realizadas pelo link: https://www.ucs.br/site/midia/arquivos/edital-pesquisa-covid.pdf.

Conforme a professora Patrícia De Gasperi, doutora em Enfermagem e coordenadora institucional das atividades da pesquisa, são 15 vagas no total e os selecionados passarão por um treinamento: “A gente faz um treinamento que acontece no dia 24 de julho, que ocorre a tarde toda e se estende até o anoitecer. Os acadêmicos e os profissionais são treinados com relação à biossegurança e como tem que ser. Eles recebem todos os EPIs necessários para garantir a sua segurança e a segurança dos moradores das residências que eles vão visitar. Os entrevistadores recebem ainda uma ajuda de custo porque eles precisam fazer deslocamentos pela cidade”. Para realizar a tarefa, Patrícia também salienta que os candidatos precisam ter acesso a um carro e a um smartphone com sistema Android.

 

Sobre a pesquisa EPICOVID-19

A pesquisa EPICOVID-19 é realizada em nove cidades do Rio Grande do Sul e é coordenada pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL). O objetivo do estudo é monitorar e obter dados referentes à evolução da pandemia no Estado e também projetar quantas pessoas já podem ter entrado em contato com o coronavírus. Conforme salienta patrícia, a quinta etapa, que foi realizada nos dias 27 e 28 de junho, mostrou que mais de 53 mil pessoas no RS têm ou tiveram o vírus. “A gente conseguiu identificar que, da primeira coleta que aconteceu em abril pra esta quinta etapa, aumentou em 10 vezes o número de pessoas contaminadas. Isso mostra que a epidemia está em expansão na nossa região. Por outro lado, as notificações dos casos também aumentaram então o Poder Público está testando mais, as empresas estão testando mais. Também identificamos que o isolamento social acabou diminuindo”, relatou. Nesse sentido, a especialista salientou a necessidade de manter os cuidados, ficando em casa se possível, usando a máscara ao sair e mantendo a higiene das mãos.

A sexta fase da pesquisa sobre a prevalência da Covid-19 no RS será realizada nos dias 25 e 26 de julho (sábado e domingo). “Também quero fazer o apelo para a população que, se possível, nos recebam quando a gente chegar. Os nossos entrevistadores estarão identificados e mantendo a segurança da nossa população”, ressaltou Patrícia.

O objetivo da pesquisa EPICOVID-19 é obter dados mais precisos referentes à pandemia no Estado para orientar ações e políticas de controle da doença a serem adotadas pelos governos municipais e estadual.

Ouça a entrevista completa com a a professora e doutora em Enfermagem, Patrícia De Gasperi, AQUI. 

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais