Você está ouvindo
Tua Rádio
Ao Vivo
20:00:00
Tua Essência
23:59:00
 
 

Rio Grande do Sul terá fila única para atendimentos com especialistas

por Rudimar Galvan
Foto: Divulgação

Agilizar e dar mais transparência às filas de espera por consultas com especialistas por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) é o objetivo da implementação de um sistema único de regulação ambulatorial no Estado do Rio Grande do Sul, chamado de Gercon.

Em reunião na terça-feira (8/12), a coordenadora do Núcleo de Avaliação e Monitoramento do Departamento de Regulação Estadual, Flávia Cristina Schuck, e o diretor de Regulação Estadual, Eduardo Elsade, apresentaram às Coordenadorias Regionais de Saúde (CRS) as vantagens deste novo sistema informatizado, que deverá ser implantado em todo o Estado em etapas. A previsão é que se inicie em maior escala no primeiro semestre de 2021, quando será realizado o projeto piloto em uma CRS a ser escolhida por critérios técnicos.

“Cada especialidade terá uma fila única de pacientes em espera. A prioridade será atender, na medida do possível, cada pessoa o mais próximo possível de sua residência e também permitirá descentralizar a oferta de consultas de Porto Alegre. Hoje quase todas as especialidades que não são ofertadas em uma determinada região são encaminhadas para a capital”, explicou o diretor Elsade.

De acordo com ele, todas as consultas agendadas no serviço público de saúde deverão estar devidamente cadastradas no Gercon, o que tornará a marcação das consultas um processo mais justo, transparente, ágil, resolutivo e equânime, como determinam as leis do SUS.

“É uma quebra de paradigma, de um mero agendamento para uma regulação de fato, beneficiando os casos prioritários na classificação de risco”, acrescentou a diretora do Departamento de Assistência Hospitalar e Ambulatorial, Lisiane Fagundes.

O sistema de gerenciamento de marcação de consultas especializadas está em funcionamento em Porto Alegre e foi criado pela Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre (Procempa). O governo do Estado também está implantando o Sistema de Gerenciamento de Internações (Gerint), que permite uma qualificação na busca por vagas a partir de um mapa de ocupação dos leitos em tempo real.

Central de Conteúdo Unidade Tua Rádio

Enviar Correção

Comentários

Newsletter Tua Rádio

Receba gratuitamente o melhor conteúdo da Tua Rádio no seu e-mail e mantenha-se sempre atualizado.

Leia Mais